O Paraná Clube confirmou a contratação do atacante Igor, do Mixto-MT. O atleta, porém, não ficará com o elenco principal, na Vila Capanema. Durante um período de três meses permanecerá no Ninho da Gralha, em Quatro Barras, passando por um processo de fortalecimento muscular.

O clube não quer ver repetida a história de Diego Ratinho, que no ano passado chegou ao clube após se destacar nos confrontos do Tricolor com o Trem, pela Copa do Brasil, mas fracassou no clube paranaense.

“Vimos muito potencial neste atleta. Por isso, decidimos fazer esse investimento, esperando que dentro de 90 dias ele possa ser integrado ao grupo que disputará a Série B”, explicou o vice de futebol Márcio Villela.

A contratação de Igor foge ao perfil que o clube vem apregoando quanto à montagem do elenco para a Série B. Com planos de voltar à elite nacional, o Paraná pretende trabalhar com poucas “apostas” e buscar jogadores prontos e que não necessitem de períodos de adaptação ao recuperação.

Igor é visto como uma grande promessa no futebol matogrossense. Mostrou qualidade nos jogos contra o Paraná, na Copa do Brasil, mesmo tendo entrado apenas no segundo tempo nas duas oportunidades.

No Durival Britto, o jogador fez o gol da vitória do Mixto (que depois seria eliminado nos pênaltis), aos 35 minutos do segundo tempo. O jogador de 19 anos passou pelas categorias de base do Operário, antes de se transferir para o Mixto.