Foto: Valquir Aureliano/O Estado

João Vítor está confirmado.

Animado pela primeira seqüência de vitórias no Brasileirão, o Paraná Clube tenta surpreender o Goiás, amanhã, no Serra Dourada. Com várias opções de ataque, o técnico Caio Júnior não esconde que vai fazer do contragolpe a sua principal arma. Com o trio Maicosuel, Sandro e Leonardo num grande momento, o Tricolor já tem o segundo melhor ataque da competição (com 16 gols, ao lado do São Paulo), atrás apenas do Cruzeiro (18). Em Goiânia, porém, a prova de fogo será para a ?nova? zaga.

Sem contar com Gustavo e Neguete – suspensos pelo 3.º amarelo -, Caio Júnior confirmou João Paulo e João Vitor. A dupla não atua desde a primeira rodada do Brasileiro, quando o Paraná perdeu para o Juventude (1×0). Naquele jogo, João Paulo atuou como líbero e João Vitor teve um desempenho ruim. ?Foi um jogo atípico. O João Vítor, por exemplo, estava há muito tempo sem jogar?, comentou o treinador. ?É uma grande oportunidade para ambos e confio neles?, disse Caio.

O treinador lembrou que João Paulo vem treinando bem – ele ficou no banco de reservas nas quatro últimas partidas, desde a lesão de Edmilson – e João Vitor vem se destacando no Paraná B, que disputa a Divisão de Acesso no Paranaense. ?Talvez, tenha sido o jogador que melhor aproveitou essa situação. No time B, recuperou o ritmo de jogo, fez gols e agora tem a chance de voltar à equipe principal?, disse Caio Júnior.

Os zagueiros serão as únicas novidades no time. Pelo menos essa é a pretensão da comissão técnica, que espera contar com o goleiro Flávio. Substituído no intervalo do jogo de quinta-feira, frente ao Santa Cruz, o Pantera ontem já não se queixava das dores no punho esquerdo. ?Vamos esperar até o treino deste sábado pela manhã. Mas, acredito que ele joga?, disse o preparador de goleiros Renato Secco. Senão, Marcos Leandro será o substituto.

Mesmo tendo feito um bom segundo tempo, o ala Angelo ficará no banco de reservas. Diante das mudanças na zaga – e pelo esquema de jogo do adversário – Caio vai manter Goiano na lateral-direita. ?É importante fechar bem este setor, pois o Jadílson é um dos destaques do Goiás?, admitiu o treinador. Assim, o Paraná deve entrar em campo amanhã com a seguinte formação: Flávio (Marcos Leandro); João Paulo, Émerson e João Vitor; Goiano, Serginho, Batista, Maicosuel, Sandro e Edinho; Leonardo.

Pierre? Só quando sair no BID

O Paraná Clube decidiu agir com cautela no caso Pierre. Como o volante obteve o fim do vínculo com o Ituano através de medida judicial, a diretoria preferiu esperar a confirmação de seu registro junto à CBF para só então apresentá-lo como reforço para as próximas temporadas. Talismã do clube – com Pierre o Tricolor obteve as suas melhores campanhas no Brasileiro -, ele assinou contrato de três anos, descartando outras propostas (de Cruzeiro e Atlético Mineiro).

?Assim que seu nome aparecer no BID – Boletim Informativo Diário – da CBF, faremos a sua apresentação?, disse o presidente José Carlos de Miranda. O abalo no relacionamento entre Paraná e Ituano é tratado com reservas pelos dirigentes paranistas.

?O jogador nos procurou, dizendo que havia constituído advogado e que iria ingressar na Justiça do Trabalho para deixar o Ituano. É um volante de alto nível e identificado com o Paraná. Não temos nada contra o Ituano, mas não poderíamos perder a oportunidade de contar com esse atleta?, amenizou o vice de futebol José Domingos.

Para o empresário Luiz Alberto Martins de Oliveira Filho – que intermediou a transação – é só uma questão de dias para que o jogador possa vestir a camisa do Paraná outra vez. Até onde foi possível apurar, assim que Pierre deixou o clube paulista sob liminar, o empresário Oliveira Júnior, proprietário do Ituano , deu entrada na Federação Paulista de Futebol de um novo ?contrato de gaveta?.

A ação do advogado Augusto Mafuz, agora, é estender a liminar a esse novo contrato. ?Acredito que na próxima semana, talvez na terça-feira, já possamos fazer a apresentação do atleta?, disse Luiz Alberto. ?É um jogador de muita pegada e que vai se encaixar com facilidade no nosso sistema de jogo?, afirmou Caio Júnior, animado com a chegada de Pierre.