Florianópolis – O Paraná oficialmente não conta mais com os serviços de Roque Júnior. Ele deixou o cargo no sábado passado e a diretoria não deve ter muita pressa para conseguir um substituto. Roque Júnior chegou ao clube no final do ano passado e sempre foi o elo dos atletas e comissão técnica com a direção. “O Roque Júnior foi responsável pela minha contratação e infelizmente deixa o clube. Agora terei que assumir juntamente com o Luciano Gusso, alguns processos para ajudar o time”, disse o treinador Claudinei Oliveira, que continua no comando da equipe.

No Paraná, a primeira medida de Roque Júnior, que substituiu Alex Brasil, foi contratar o técnico Milton Mendes, que pediu demissão alegando falta de perspectivas. Roque foi responsável também pelas chegadas de outros treinadores como Ricardo Drubscky e Claudinei Oliveira.

“O Roque pediu para deixar o clube alegando questões pessoais e entendemos a situação. Não teve briga com ninguém, como foi falado por aí e torcemos por ele’, disse o vice-presidente de futebol, Celso Bittencourt.

Ele deixa como legado algumas contratações como Paulinho (negociado), Carlinhos Miranda, Rodrigo Celeste, Henrique e Thiago Humberto. A partir de agora, Roque Júnior fará parte da equipe de observadores da seleção brasileira.