Se na semana anterior a contratação de Max – atacante do Palmeiras – pifou, desta vez o Paraná conseguiu trabalhar em silêncio. Ontem, definiu o acerto com o lateral-esquerdo Márcio Goiano, que disputou o último Estadual pelo Iraty.

O jogador, que estava treinando no Andraus, já trabalhou com o grupo ontem e será apresentado amanhã, ficando à disposição de Soares para o jogo contra o Guarani, em Campinas.

Com Márcio Goiano, 24 anos, o Tricolor repõe rapidamente a saída de Murilo Ceará. O jogador – que teve uma atuação ridícula contra o Atlético-GO – foi requisitado pela Traffic e definiu neste fim-de-semana a rescisão de seu contrato.

O clube não fez objeções à saída do atleta, que não vingou com a camisa tricolor. Antes de sábado, Murilo havia disputado apenas três jogos, ainda sob o comando de Zetti (contra Vasco, Juventude e Ceará).

Além de Márcio Goiano, o Paraná segue à busca de pelo menos mais três reforços: um volante e um meia (para suprir as saídas de Agenor e Dinelson) e outro atacante, já que até agora o clube não conseguiu encontrar um “homem-gol”.

Enquanto isso não ocorre, Sérgio Soares vai tentando encontrar soluções dentro do grupo, sabendo que a cada rodada a pressão aumenta. “Isso é ruim, porque sem confiança o jogador não consegue mostrar tudo o que pode. Mas temos que superar essa fase o quanto antes”, arrematou Sérgio Soares.