O Paraná Clube foi até o Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco da Gama, em Januário, na tarde deste sábado (02), com a missão de sair da zona do rebaixamento, mas esbarrou na ótima atuação do goleiro vascaíno Martin Silva e perdeu o jogo por 1 a 0.

O início da partida não foi bom para o Tricolor. Excessivamente recuado, o Paraná Clube dava espaços para o Vasco da Gama, que avançava com os dois laterais, criando boas oportunidades em cruzamento para a área do goleiro Marcos.

Mas o Paraná Clube suportou bem a pressão e depois dos 20 minutos passou a contra-atacar em velocidade, com o apoio de Chiquinho e, sobretudo, com Breno pela esquerda e as chances paranistas começaram a ser desperdiçadas.

Aos 34 minutos, quando já era melhor em campo, o Paraná Clube sofreu o gol. Uma falta cobrada pela esquerda perto da área. A bola foi levantada na área, o goleiro Marcos espalmou a bola, mas não conseguiu tirá-la da área, que sobrou para Douglas Silva mandar de bico para o fundo da rede.

Depois do gol, o Paraná Clube ainda criou mais três chances reais de gol, mas esbarrou na ótima atuação do goleiro Martin Silva e o primeiro tempo terminou com a vantagem vascaína no placar.

O Paraná Clube retornou para o segundo tempo com o mesmo ímpeto que apresentou no final da etapa inicial, mantendo a estratégia de utilizar os dois laterais no apoio, e forçando o Vasco da Gama e se fechar na defesa e sair nos contra-ataques.

E o jogo seguia disputado até que, aos 24 minutos, uma expulsão muito o jogo. Marcos Serrato errou o passe na defesa e a bola sobrou para Kléber Gladiador que partiu com a bola dominada, entrou na área e foi derrubado por Anderson Rosa.

Pênalti marcado e muita reclamação dos jogadores paranistas, já que antes do lance no qual Marcos Serrato errou o passe, Kléber Gladiador atingiu o zagueiro Alisson no rosto e o árbitro não marcou a falta.

Pelo pênalti cometido, Anderson Rosa foi expulso de campo. Depois de muita confusão, Kléber Gladiador fez a cobrança e Marcos defendeu. No rebote, Lucas Crispim bateu por cima do gol de Marcos.

Depois da expulsão de Anderson Rosa, o Tricolor perdeu força ofensiva e cedeu espaços para o Vasco da Gama, que criou oportunidades para ampliar o placar, mas, ainda assim, a última chance de gol do jogo foi do Paraná Clube, com Breno, que de cabeça mandou a bola na trave do gol defendido por Martin Silva.

Fim de jogo e derrota do Paraná Clube que permanece na zona do rebaixamento. Na próxima rodada, o Tricolor joga na Vila Capanema, sábado (09), contra o Vila Nova.

Paraná Online no Facebook