O retorno para a Série B, após a parada para a Copa do Mundo, não tem sido nada bom para o Paraná Clube. Na noite desta terça-feira (20), o Tricolor sofreu o seu terceiro tropeço consecutivo e está fora do G4. O algoz da vez foi o Brasiliense –  que não vencia há seis jogos – , 3 a 0, no Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga.

O Tricolor terá 11 dias para trabalhar para a próxima rodada, onde encara o Náutico, na Vila Capanema.

Falhas

O Paraná começou o jogo com muita desorganização no meio-campo e desatenção no sistema defensivo. O Brasiliense aproveitou as falhas paranistas e abriu dois gols de vantagem logo no primeiro tempo. Aos 2 minutos, Jean criou a primeira grande chance do time da casa, após erro de Chicão. Porém, Juninho espalmou pela linha de fundo.

Cinco minutos depois, o arqueiro paranista nada pode fazer. A bola sobrou na área para Santiago, livre de marcação, abrir o placar. A defesa paranista já dava mostras que o torcedor teria muita emoção durante o confronto. Até mesmo o tranqüilo Juninho falhou e quase pagou por isto. Ao iniciar uma jogada com pressa, o goleiro entregou a bola nos pés do adversário, que quase ampliou o marcador.

Equilíbrio

O Tricolor equilibrou as ações da partida a partir dos 20 minutos. Marcelo Toscano chegou com perigo em chute de fora da área. Aos 32min, João Paulo cobrou falta e a bola acertou a trave da meta de Guto. Mas, o Paraná sofreu novo castigo aos 41min. Jean aproveitou a sobra para fuzila para as redes: 2 a 0 para o Brasiliense.

Tranquilidade

Quem esperava uma pressão paranista, no início do segundo tempo, se enganou. O Brasiliense apenas administrava o resultado e saía nos contra golpes. Em um destes arranques, a equipe da casa conseguiu uma falta, que Willian aproveitou e mandou a bomba para as redes, aos 21min, fazendo o terceiro gol do Brasiliense.

O terceiro gol sofrido não serviu para acordar os paranistas, pelo contrário, a equipe do técnico Marcelo Oliveira mostrava lentidão ao sair para o jogo. Em uma das poucas oportunidades que teve na etapa final, Gílson chutou em cima do goleiro Guto, aos 36min. Cinco minutos depois, Gilson recebe falta dentro da área e o árbitro marca a penalidade. Marcelo Toscano perde mais um pênalti para o Tricolor na competição. Guto faz boa defesa. Final de jogo na Boca do Jacaré: Brasiliense 3 x 0 Paraná Clube.