Último reforço contratado pelo tricolor, o atacante Osmar teve ontem o seu primeiro contato com a imprensa. Tentando superar a timidez, promete que dentro de campo sua postura é outra. “Lá, é mais fácil”, brincou.

O jogador de 21 anos, foi indicado ao técnico Paulo Comelli pelo empresário Jesus Vicentini. O treinador pediu para observá-lo nos treinos e após duas semanas Osmar confirmou sua contratação com dois gols no jogo-treino frente ao Iguaçu.

“Atacante vive de gol. Sei que aquele jogo-treino foi fundamental para que o acerto ocorresse”, disse o jogador, que iniciou sua carreira no Marcílio Dias e ainda júnior veio para o J. Malucelli. “Fiquei lá um ano e meio, mas o contrato terminou e não fui aproveitado. Estou feliz com essa oportunidade que o Paraná está me dando”, disse Osmar.

Atacante de mobilidade, disse que prefere atuar com liberdade pelos flancos do gramado. “É minha principal característica, sempre com velocidade e buscando o gol.” Além do atacante, o time principal ganhou desde ontem o reforço dos meninos que estavam na Copa São Paulo de Juniores.

O goleiro Rodolfo, os meias Elvis e Bruno e o atacante Maicon já estão à disposição de Comelli e o treinador antecipou que Elvis ficará no banco de reservas já neste fim de semana. “Ele está muito bem preparado e amadureceu nesta competição. Será uma peça importante neste novo grupo”, analisou o treinador.

Jotinha

O técnico Leandro Niehues deve definir hoje o J. Malucelli para a estreia no Estadual. Ele já pode contar com o meia Leandro Gravin (América-RN), último reforço contratado. Ontem, o time treinou no Sítio do Caqui, em Colombo, para preservar o gramado do Janguitão.