Hoje pode ser a grande oportunidade para que o Paraná Clube finalmente comece 2018. O Tricolor recebe o Coritiba, às 21h45, na Vila Capanema, tentando apagar os péssimos resultados alcançados até agora na temporada, . De nove jogos disputados – sete no Campeonato Paranaense e dois na Copa do Brasil o time venceu apenas em uma ocasião.

SAIBA TUDO SOBRE O PARATIBA 100!

Uma vitória nesta noite pode elevar o moral do elenco e manter vivo o sonho de uma possível conquista da Taça Caio Júnior. Vencer a segunda fase do estadual é o que o Tricolor mais deseja neste momento, como explicou o técnico Rogério Micale.

“O que vai fazer a gente voltar a ter nossa autoestima é ganhar. Futebol em qualquer lugar do mundo é feito de resultados. A vitória trará a autoconfiança e a tranquilidade pra retomarmos o trabalho. Queremos chegar às finais do segundo turno e vencer amanhã (hoje) será muito importante para isso”, disse Micale.

Mesmo com o empate em 2×2 com o Cianorte no último domingo, o volante Leandro Vilela destacou a mudança de postura do time que, para ele tem tudo para fazer um bom clássico. “Apesar de o resultado (do último jogo) não ter sido uma vitória, eu vi muita evolução na equipe pela postura que tivemos. Mesmo com calor e gramado difícil, nossa equipe conseguiu propor mais o jogo, trabalhar mais a bola. Para quem só acompanhou pelas rádios não teve como ver, mas nós que estávamos lá pudemos ver essa melhora do nosso time, que vai se entregar em campo”, avaliou o jogador que não quer que a pressão pelo resultado atrapalhe o psicológico dos atletas.

Sem pressa

Vilela lembra que não dá pra confundir pressa pela vitória com a ansiedade. “Quando se faz algo com pressa as coisas tendem a piorar, porque não se faz as coisas bem feitas. Se conseguirmos desempenhar nosso papel com calma, com tranquilidade, poderemos apresentar um bom futebol. Sabemos que será um jogo difícil, mas vamos jogar dentro de casa e com o apoio da nossa torcida. Temos que propor o jogo e fazer o melhor possível que assim estaremos próximos da vitória”, avaliou o volante.

Fundamental na campanha do acesso à Série A em 2017 e um dos poucos remanescentes no elenco, o atleta fará sua estreia em um Paratiba. “Apesar de eu estar há cinco anos no profissional, essa será a primeira vez que eu provavelmente vou sair jogando. Nos outros clássicos sempre acompanhei do banco, então a expectativa é boa. Em se tratando de clássico a gente tem que dar o melhor e espero estrear com o ‘pé direito’, com uma vitória amanhã (hoje)”, finalizou Vilela.