Com o estatus de uma das equipes de melhor campanha do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube foi ao Rio de Janeiro nesta terça-feira e ficou no empate sem gols com o Fluminense. O resultado poderia ser outro não fosse a falta de objetividade da equipe carioca que dominou a partida do começo ao fim. O empate deixa o Paraná na terceira colocação com 16 pontos, na tabela de classificação.

O Tricolor paranaense começou o jogo impondo um rítmo forte, pressionando a defesa do Fluminense. O time do técnico Pintado teve primeira chance de marcar aos dois minutos de jogo. Alex apareceu livre pela esquerda, invadiu a área e mandou pro gol. O goleiro Fernando Henrique salvou a meta do Fluminense.

Após os primeiros insntantes de bola rolando, o Paraná foi amplamente dominado pelo adversário. Já o time do técnico Renato Gaúcho, mesmo monopolizando as jogadas de ataque não conseguiu converter o visível domínio em oportunidades claras.

O Flu podeira ter balançando as redes com o meia atacante Thiago Neves. Aos 16 ele limpou a jogada pela direira e mandou pras redes, pelo lado de fora. Aos 27, o mesmo Thiago Neves invadiu a área, passou pela marcação e mandou pro gol. Flávio salvou o Paraná.

A pressão carioca continuou e , aos 28 minutos, Thiago Neves cobrou falta, mandou pra área. No bate-rebate a bola tocou em Roger e passou rente à trave esquerda de Flávio.

Aos 44, Thiago Neves, inspirado, arriscou de fora da área. A bola passou raspando a trave direita da meta de Flávio.

Na segunda etapa deu seqüência ao domínio carioca, enquanto o Paraná, acuado, não conseguia sair pro jogo. Mesmo com a entrade de Gérson e Éverton, o meio-de-campo do Tricolor seguiu sem criativiade e o artilheiro Josiel contiuou isolado no ataque.

O Fluminense podeira ter marcado com Somália, que, aos três minutos, concluiu para a boa de fesa do arqueiro paranista.

Entretanto, a melhor oportunidade aconteceu aos 26 minutos, quando Rodrigo Tiuí lançou Alex Dias, que penetrou na área mas bateu pra fora.

Aos 29 minutos, foi a vez de Tiuí perder a chance de tirar o zero do marcador e cabecear, livre de marcação, pra fora. Pouco depois, no contra-ataque, o Paraná respondeu com Josiel. O atacante recebeu na área mas pecou na finalização.

Assim, enquanto a falta de objetividade do fluminense com poucos espasmos de ataque do Paraná, a partida foi se encaminhando para um fim previsível.

O Paraná volta a campo na próxima sexta-feira, quando encara o lanterna do campeonato, América-RN. Já o Fluminense, que ocupa a nona colocação, com 13 pontos, enfrenta o Corinthians, no sábado, em São Paulo.