A torcida paranista lotou o Estádio Durival de Britto em Curitiba. Um empate bastava ao Paraná Clube para avançar à semifinal. Para o Engenheiro Beltrão, somente a vitória interessava e, até este jogo, o time tinha vencido as duas disputas anteriores contra o time da capital.

Primeiro Tempo

O jogo começou equilibrado, com uma boa marcação do Engenheiro Beltrão e uma maior posse de bola do time da Vila. Carlinhos (26) e Diego (34) arriscaram de fora da área, mas Fabiano agarrou as duas bolas com segurança. Aos 16 minutos, Jumar cometeu falta em Kanu, que ao cair acertou o paranista com uma cotovelada. Os dois receberam cartão amarelo. O Paraná chegou com perigo real ao gol do Beltrão somente aos 22 minutos, quando o chute de Fábio Luís passa por cima do gol de Pontelli. Aos 24 minutos, Paulo Bonamigo foi advertido pelo árbitro, o treinador reclamou que Kanu estava dividindo a bola com vontade demais. Aos 36, Kanu avançou em direção ao gol paranista e recebeu a falta de Léo em cima da linha de entrada da grande área. O juiz Edivaldo Elias dos Santos marcou penalidade máxima. Carlinhos bateu no canto esquerdo do gol e abriu o placar. O Paraná enfrentava dificuldade na marcação, mas aos 43, em falta batida para a área, Pontelli espalma e Fábio Luís manda para dentro do gol, empatando a partida.

Segundo Tempo

Já aos 3 minutos de partida Everton entrou com a bola na área, mas escorregou na frente do gol. Em seguida, o Paraná desarmou o contra-ataque do Beltrão, Everton cruzou na área e Joelson, de cabeça, cravou a bola no lado direito do gol, virando a partida. O Paraná ficou mais confiante e conseguiu chegar com maior facilidade ao gol do Beltrão. Aos 20 minutos, Fábio Luís recebeu falta e Danilo ganhou cartão amarelo. Léo cobrou direto para o gol e a bola entrou tirando tinta da trave esquerda. Aos 27 minutos, Diego levou cartão amarelo ao cometer falta em Everton. No mesmo lance, Nem também levou amarelo por reclamação e está suspenso do primeiro jogo da semifinal. Neguetti chutou de fora da área (32) por cima do gol do Paraná. Em seguida, Pimpão cruzou a bola, que passou pela área. Everton chutou e Pontelli defendeu com o pé. Logo depois, o Beltrão perdeu uma chance de gol e passou a arriscar mais chutes de fora da área. Pimpão recebeu amarelo aos 36 e com 40 minutos o Beltrão fechou o placar com uma cobrança na área e o gol de cabeça de Carlinhos.

Com a vitória de 3 a 2 sobre o Engenheiro Beltrão, o Paraná Clube está classificado para a semifinal e vai enfrentar o Coritiba, que derrotou o Toledo por 2 a 0.