Não tem como negar. Alex Santana foi um dos poucos jogadores do Paraná Clube que tiveram os seus nomes preservados pela torcida ao final da temporada de 2018. Em um ano complicado para o Tricolor, que culminou com o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, o volante acabou sendo o principal destaque da equipe, ao lado do goleiro Richard, do volante Jhonny Lucas e dos jovens que ganharam mais espaço com o técnico Dado Cavalcanti.

Alex Santana chegou ao Paraná, por empréstimo junto ao Internacional, no início de 2017. O volante foi um dos principais atletas na disputa do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e Primeira Liga. Quando a expectativa fosse que o volante seguisse na equipe para a disputa da Série B, ele acabou sendo convocado para defender o Internacional na Segundona. Um baque para a torcida e para o próprio jogador, que já estava muito bem ambientado no Tricolor.

+ Leia mais: Vasco tenta a compra de revelação do Paraná Clube

No Colorado, Alex Santana acabou sendo deixado de lado. O jogador ainda acabou sendo punido pelo Inter por ter faltado a um dos treinos e não ter dado motivos para isso. Quando ocorreu essa polêmica com o clube gaúcho, o Paraná voltou a ir atrás do atleta. Mas, acabou sendo vetado pela diretoria colorada.

Em sua volta ao Tricolor, no início desta temporada, Alex Santana sofreu. O volante foi pouco utilizado durante o Campeonato Paranaense. Foram apenas cinco partidas. Teve períodos em que o jogador sequer era relacionado pelo então técnico Rogério Micale. As oportunidades passaram a vir no Brasileirão. Foram 27 partidas pela competição nacional, totalizando 51 jogos com a camisa vermelha, azul e branca em toda a sua carreira.

Volante fez 51 partidas com a camisa do Paraná Clube. Foto: Arquivo.
Volante fez 51 partidas com a camisa do Paraná Clube. Foto: Arquivo.

“Eu aprendi a amar e respeitar esse clube. Eu queria fazer muito mais do que 50 jogos. O Paraná é a minha segunda casa. Eu me sinto muito bem aqui, a torcida me acolheu de uma forma que eu não consigo explicar. Eu só tenho a agradecer à torcida, à diretoria e ao Paraná Clube. Foi uma honra ter participado neste ano”, disse o volante, em entrevista ao site oficial do Tricolor. Ele marcou quatro gols e acabou como artilheiro do Paraná na temporada, ao lado do atacante Diego Gonçalves.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

Para o ano que vem, a tendência é que Alex Santana não permaneça no elenco paranista. De acordo com empresário do jogador, Renato Figueiredo, o Internacional tem a intenção de negociá-lo com o futebol estrangeiro. “Estamos aguardando um clube de fora. A prioridade é essa. Ele só deve ficar se o Paraná oferecer uma proposta de compra. Então, é bem difícil que ele fique por aí”, disse o empresário. Com 23 anos, Alex Santana já foi sondado por alguns clubes do exterior e também brasileiros, como Botafogo e Vasco da Gama. Enquanto o seu destino é incerto, a única certeza é que o torcedor paranista sentirá saudades do camisa 8.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!