O técnico Allan Aal não acredita que o Paraná Clube precise de uma mudança tática, mas, sim, de atitude para retomar o caminho da vitória na Série B. Na goleada para o CSA por 4×0, no último sábado (10), o treinador lamentou a postura da equipe.

“Nós trabalhamos de três maneiras diferentes nos últimos jogos. Estamos procurando alternativas, mas, neste momento, acho que é mais a atitude mesmo, se impor nos jogos. A estratégia passa mais pelo lado mental do que pela parte tática”, disse o treinador, em entrevista à rádio Banda B.

“A gente precisa ter a cabeça no lugar, se cobrar muito mais dentro de campo. Não pode ter essa passividade. Não podemos fugir da responsabilidade. É mais a questão mental mesmo, nem tanto a física”, completou.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Conservador nas substituições, Aal teve uma postura diferente no duelo contra o Azulão. No intervalo, com o revés de 3×0 no placar, o técnico realizou quatro mudanças, alterando quase todo o sistema ofensivo do time.

“Procurei equilibrar a equipe. Tivemos que abrir mão de um volante para tentar uma reação. Infelizmente, sofremos um gol em uma desatenção e isso acabou refletindo no time. Procuramos alterar a forma de jogar, mas não conseguimos”, explicou.

Momento ruim, mas o G4 segue próximo

A fase do Tricolor não é nada boa. Já são cinco jogos sem vencer na Série B, com três derrotas e dois empates. Apesar disso, a equipe segue perto do G4, na sexta colocação, com 23 pontos.

“Mesmo com todos os tropeços, ainda estamos na briga pelo G4. Temos totais condições de nos recuperar e, principalmente, voltar a jogar da maneira que a gente jogava”, completou o treinador.

O diretor de futebol do Paraná, Alex Brasil, analisou o trabalho da comissão técnica e comentou sobre possíveis reforços.

“Sem dúvidas, temos confiança. Não pode ver o resultado, mas sim o trabalho. A gente analisa todos os aspectos, mas, se por um motivo ou outro a gente vê que perdeu a mão no trabalho, vamos pensar em alguma coisa. Com a perda do Roberto, a gente está no mercado. Temos até o dia 26 para fazer as contratações e até o dia 07/11 para fazer as trocas”, disse o dirigente, em entrevista à Banda B.

O time paranista só volta a campo no próximo domingo (18), contra o Sampaio Corrêa, em jogo válido pela décima sexta rodada da competição, na Vila Capanema.

+ Mais do Tricolor:

+ Cristian Toledo: Tá na hora de mudanças no Tricolor
+ Paraná mira a contratação de ‘parça’ de Fabrício para a defesa


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?