Na reta decisiva e com poucos pontos em disputa, a Série B do Campeonato Brasileiro entrou no seu momento de definições. O América-MG, que chegou a ser lanterna da segunda divisão, é um dos candidatos ao acesso e aposta no fator casa para superar o Paraná Clube, nesta terça-feira (5), às 20h30, na Arena Independência, para, quem sabe, entrar no G4. Pelo menos é isso que espera o técnico Felipe Conceição, um dos principais responsáveis pela mudança de rota do Coelho na Segundona.

Mas para isso, além de vencer o Tricolor, o Coelho terá que torcer por um tropeço do Atlético-GO, que enfrenta o Londrina, em Goiânia. Mas independentemente disso, o time mineiro segue dependendo apenas das suas forças para conseguir o acesso. Vai entrar em campo pressionado depois de, no último sábado (2), ter empatado em 0x0 diante da Ponte Preta, também dentro de casa.

“A gente conversa sobre isso. Nós lutamos tanto para chegar neste momento e ter essa condição de depender só da gente. A pontuação para o acesso é cabível para nossa equipe. Então, não é olhar os outros, é continuar focando no nosso trabalho, acertar um detalhe ou outro que precisa, controlar a ansiedade nessa reta final e com certeza virão vitórias que vão empurrar a gente para esse G4”, apontou o treinador, em entrevista ao portal GloboEsporte.com.

Diante do Paraná, o América-MG terá também outro desafio: controlar a ansiedade. Ficou visível, contra a Macada, a falta de calma dos jogadores. A equipe, inclusive, chegou a perder uma penalidade ainda no primeiro tempo.

“Não é só nossa equipe, é um momento de decisão do campeonato. Todas as equipes vão ter essa ansiedade, sentir essa ansiedade a cada jogo. Desde que eu assumi cada jogo é uma decisão, então essa equipe está acostumada a jogar decisão, nós não jogamos mal (contra a Ponte Preta), jogamos bem, tivemos posse. Infelizmente a bola não entrou”, finalizou Felipe Conceição.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Para enfrentar o Tricolor, o treinador não poderá contar com o meia Matheusinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O Coelho é o quinto colocado, com 49 pontos, dois a menos que o Atlético-GO. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, as chances de acesso da equipe mineira são de 41%.