Fernando Diniz, técnico do Paraná, e Léo Condé, do Sampaio Corrêa, discutiram no final da partida em que o Tricolor venceu o time maranhense por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (14), na Vila Capanema.

O jogo caminhava para seus minutos finais quando os dois treinadores passaram a trocar palavras ríspidas de suas áreas técnicas. Ao final da partida, Condé foi procurar Diniz e a discussão seguiu no túnel de acesso ao gramado. Se no inicio da partida os dois entraram abraçados no gramado, a saída foi mais tensa, como reconheceu Diniz.

“No lance a bola estava com o Paraná, aconteceu uma interrupção e a bola ficou com eles. Era um lance de fair play, eles deveriam devolver a bola e foi isso. Ele acabou torcendo pelo empate no lance e acabamos discutindo”, esclareceu.

O comandante paranista revelou ainda ter uma boa relação com o treinador do Sampaio e não poupou elogios ao adversário. “Eu me dou muito bem com ele, é um grande treinador e está fazendo um ótimo trabalho no Sampaio Corrêa”.

Diniz ainda preferiu evitar polêmicas e se esquivou quando perguntado sobre as palavras que teria trocado com Condé. “O que aconteceu no campo fica no campo”, sentenciou.