Nem Saulo, muito menos Adoílson. O verdadeiro artilheiro do Paraná Clube é Josnei Andre Santos. Com 47 anos, ele foi o cara que mais marcou gols para o Paraná Clube – e até contra o Tricolor. Pelo menos, na Vila Capanema. Durante 30 anos, ou seja, antes até mesmo da criação do Paraná, ele era o responsável por atualizar o placar manual do Estádio Durival Britto e Silva. Nesta quinta-feira, 12 de julho de 2018, Josnei se despede da função de “artilheiro”.

Josnei (à direita) recebe placa em homenagem ao Seu Zé. Foto: Rodrigo Sanches/Paraná Clube.
Josnei (à direita) recebe placa em homenagem ao Seu Zé. Foto: Rodrigo Sanches/Paraná Clube.

O Paraná Clube irá inaugurar no amistoso contra o River Plate, do Uruguai, um placar eletrônico, bem no lugar do histórico relógio da Vila Capanema. “Fiquei um pouco entristecido. Mas, sei que o clube precisa evoluir e seria inevitável que esse dia chegasse. E ele chegou. Foram 30 anos de mais alegrias do que tristezas. Marquei muito gol na Vila Capanema, meu irmão”, brincou Josnei.

Leia mais: Paraná Clube encara o River Plate-URU em amistoso

Filho do saudoso Seu Zé, falecido em fevereiro deste ano e que cuidou do estádio paranista por mais de 50 anos, o “artilheiro” mudará a sua rotina nos jogos do Tricolor, mas nada que afete todo o seu amor pelo clube.

“O Paraná é minha vida. Eu nasci e cresci neste estádio. Eu sempre ficava com o meu pai e ele saía às vezes de madrugada da Vila. Não era obrigado a ficar ali, mas eu ficava por amor a esse clube”, frisou o paranista.

Confira a tabela do Brasileirão!

No Paraná, Josnei acompanhou bons e maus momentos. Hoje, ele acredita que o clube está mais profissional e confia na permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. “Estou muito otimista, já vivi grandes alegrias e também muitos momentos difíceis, mas felizmente estamos sendo administrados por profissionais e tenho a plena certeza que estamos no caminho certo . Mas seja em qualquer divisão, sempre estarei ao lado do Paraná”, afirmou Josnei, o “artilheiro paranista”.