Últimos contratados pelo Paraná Clube para a temporada, os atacantes Deivid e Ortigoza resolveram ‘abandonar o barco’ e pediram para serem dispensados. Os dois avisaram a diretoria e foram embora nesta quinta-feira (25), antes do treinamento no CT Ninho da Gralha.

+ Leia também: Tricolor deve priorizar garotada da base na reta final de 2018

“Simplesmente falaram que queriam ir embora”, explicou o diretor de futebol do Tricolor, Marcos Oliveira.

O contrato de ambos tinha validade somente até dezembro deste ano, após o término do Campeonato Brasileiro, mas os atletas resolveram adiantar a despedida. A tendência é que os dois não renovassem para 2019.

Ortigoza fez apenas cinco jogos pelo Tricolor. Foto: Albari Rosa
Ortigoza fez apenas cinco jogos pelo Tricolor. Foto: Albari Rosa

+ Mais na Tribuna: Presidente do Paraná Clube já admite rebaixamento

Os atletas chegaram ao Paraná Clube no final de agosto, Deivid veio por empréstimo do Red Bull, e fez sete jogos com a camisa paranista, mas nunca permaneceu os 90 minutos em campo e sequer marcou gol. Ainda assim, vinha começando como titular nas últimas quatro partidas. Na goleada por 4×0 sofrida pelo Flamengo, o atacante foi muito vaiado pelo torcida.

Já o paraguaio Ortigoza foi outro que pouco fez pelo clube. Em cinco jogos pelo Tricolor, sendo três como titular, não conseguiu desempenhar sua função de balançar as redes e sai do time zerado. O jogador já havia manifestado a vontade de voltar ao Náutico ou para o futebol do Paraguai ano que vem.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!