Após a paralisação do futebol brasileiro, o técnico Allan Aal terá uma missão principal no Paraná Clube: corrigir o ataque. Embora o setor ofensivo tenha até dado conta do recado, com 14 gols marcados, os jogadores de ofício da frente deixaram a desejar até aqui.

Em 14 jogos na temporada, o Tricolor marcou 14 gols, mas apenas quatro deles foram de atacantes, dois de Robson, um de Raphael Alemão e um de Marcelo. Os outros dez gols foram de meias e até zagueiros. Tanto que o artilheiro da equipe é Renan Bressan, que balançou as redes três vezes.

No total, o treinador já usou oito jogadores de frente na temporada: Robson, Marcelo, Raphael Alemão, Rodrigo Rodrigues, Gustavo Mosquito, Kessley, Rafael Furtado e Ruan. Muitos, se revezando como o camisa 9.

+ Cristian Toledo: O dia 30 de março na história do futebol paranaense

Já fizeram a função Rodrigo Rodrigues, Rafael Furtado, Raphael Alemão e Marcelo. Os dois últimos, inclusive, são atletas de lado de campo, mas foram improvisados no setor. Marcelo era quem vinha jogando na posição mais recentemente, rendendo menos do que quando atuava em seu setor de origem.

+ Mais do Tricolor:

+ Allan Aal monitora e pede foco aos atletas durante paralisação
+ Xodó da torcida e conselheiro. Renan Bressan fala do período no Paraná