Finalmente o Paraná Clube comemorou uma vitória. Com direito a pênalti desperdiçado e contando com um jogador a mais em todo o segundo tempo, o Tricolor garantiu o placar de 1×0 com o Botafogo-SP, nesta terça-feira (27), em Ribeirão Preto. A vitória encerra a agonia que vivia o time paranista, que não vencia há sete jogos. Com 28 pontos, o Paraná volta para a briga pelo acesso.

+ Confira como foi o jogo no nosso Tempo Real!

Em um jogo truncado e de poucas oportunidades, as duas equipes mostraram pouco futebol e não foram capazes de serem agressivas aos adversários na maior parte do confronto. O Tricolor teve uma importante chance de balançar as redes na metade inicial, mas João Pedro desperdiçou uma penalidade. Nos 45 minutos finais, os visitantes jogaram com um a mais – e, mesmo com grandes dificuldades, conseguiram fazer valer a superioridade, dando uma pausa na situação incômoda da falta de gols e vitórias.

A primeira chance a gol foi criada aos 10 minutos pelos donos da casa. Marlon mandou uma bomba de fora da área, do lado direito, e Thiago Rodrigues espalmou. Rafael Furtado, a grande esperança paranista de gols no atual momento de jejum, sentiu dores na panturrilha desde o início da partida. Depois de solicitar atendimento e tentar permanecer em campo no sacrifício, pediu para sair. Jenison entrou em seu lugar.

Jenison e Guilherme Santos comemoram o gol paranista. Foto: Fernando Calzzani/Estadão Conteúdo
Jenison e Guilherme Santos comemoram o gol paranista. Foto: Fernando Calzzani/Estadão Conteúdo

+ Mercado: Tricolor contrata atacante Vitinho

Mesmo sem ter chegado com perigo ao gol adversário, o Tricolor teve uma grande oportunidade de sair na frente. Aos 34 minutos, Bruno Rodrigues avançou na pequena área e Leandro Amaro deixou o pé, fazendo o atacante paranista cair. Pênalti assinalado e João Pedro foi para a cobrança, mas mandou à meia altura, facilitando a vida de Darley, que espalmou.

Parecia que nada poderia ajudar a situação cada vez mais difícil do time paranista, mas o segundo tempo começou abrindo uma grande possibilidade ao Tricolor. Logo aos dois minutos de bola rolando na etapa complementar, Murilo, que já tinha um cartão amarelo, por falta em Itaqui, foi novamente amarelado. O jogador recebeu o vermelho e fez com que o Paraná ficasse na vantagem numérica.

+ Mais do Tricolor: Alex Brasil volta para ser diretor de futebol

Nervoso, o Tricolor não conseguiu inicialmente fazer valer a superioridade de atletas. Lento e finalizando de qualquer jeito, no desespero, o time paranista acabou sofrendo investidas do Botinha. Aos 20 minutos, os donos da casa por muito pouco não marcaram. Em chegada na área paranista após contra-ataque em velocidade, a bola passou rasteira da direita para Henan, que errou.

Parecia que o Tricolor ficaria no 0x0, mas a equipe paranista conseguiu, enfim, fazer as redes balançarem. Aos 26 minutos, Guilherme Santos fez um lançamento pelo lado esquerdo e Jenison, de dentro da área, mandou para o fundo das redes, encerrando um jejum que incomodava – e muito – o Tricolor.

+ Confira a classificação completa da Série B!

O Paraná volta a campo no final de semana. Na sexta-feira (30), encara o Vila Nova a partir das 19h15, na Vila Capanema.

Ficha técnica

SÉRIE B
1º Turno – 19ª Rodada

BOTAFOGO-SP 0x1 PARANÁ CLUBE

Botafogo-SP
Darley; Lucas, Leandro Amaro, Luiz Otávio e Pará; Higor Meritão, Marlon Freitas e Nadson (Leonan); Júlio César (Diego Gonçalves), Murilo Henrique e Henan (Rafael Costa).
Técnico: Hemerson Maria

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Jhony Douglas (Alesson), Luiz Otávio, Itaqui e João Pedro (Rodrigo Porto); Bruno Rodrigues e Rafael Furtado (Jenison).
Técnico: Matheus Costa

Local: Santa Cruz (Ribeirão Preto-SP)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Gol: Jenison 26 do 2º
Cartões amarelos: Leandro Amaro (BOT); Alesson (PR)
Cartão vermelho: Murilo Henrique