O técnico Claudinei Oliveira não faz mais parte do comando do Paraná Clube. O treinador acertou uma proposta da Chapecoense e se despediu do Tricolor na tarde desta terça-feira (16). Com apenas dois meses no comando, o treinador não conquistou nenhuma vitória – foram três empates e oito derrotas. A informação inicial foi dada pelo GloboEsporte.com. Junto com ele, o auxiliar-técnico Luciano Gusso também sai do clube.

+ Leia mais: Paraná aumenta valor do ingresso pro jogo contra o Flamengo

Claudinei Oliveira deixa o Paraná com apenas 9% de aproveitamento. A estreia dele pelo Tricolor aconteceu no empate com o São Paulo, em 1×1, na Vila Capanema. Na ocasião, o Paraná já estava na lanterna do Campeonato Brasileiro. O seu último jogo à frente do time foi no sábado (13), na derrota por 2×0 para o Bahia, em Salvador. O técnico havia sido contratado para o lugar de Rogério Micale.

Com a saída do treinador, a diretoria paranista já tem um nome favorito para assumir o comando do time. Trata-se de Claudio Tencati, que fez história no Londrina e foi, recentemente, demitido do Atlético-GO.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O agora ex-técnico do Paraná vai para o seu quarto desafio na temporada. Antes de dirigir o Tricolor, Claudinei Oliveira já havia comandado o Avaí e o Sport. Em entrevista ao site oficial do Paraná, o treinador destacou que a sua saída ocorreu em comum acordo com a diretoria.

“É uma decisão já pensando no futuro. A diretoria entendeu a situação e me liberou. Agradeço ao presidente Leonardo de Oliveira e ao gerente Marcos Oliveira por todo o empenho que tiveram nesta minha nova passagem pelo Paraná”, disse o treinador.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!