SELO_PARANAENSE_2018_WEB

Não foi como o torcedor esperava a estreia do Paraná Clube na edição de 2018 do Campeonato Paranaense. Visivelmente sem ritmo e com muitas falhas, sobretudo na defesa, o Tricolor perdeu para o União por 2×1, na noite desta quarta-feira (17), no Estádio Anilado, em Francisco Beltrão e largou com o pé esquerdo no Estadual. Zerado na classificação, o time paranista vai tentar se recuperar no clássico contra o Atlético, quarta-feira (24), às 20h, no reencontro com a Vila Capanema.

Confira como foi o jogo no Tempo Real!

Diante do caçula do Paranaense, o Paraná Clube teve muitas dificuldades no primeiro tempo. Apesar da disposição dos dois times, faltou técnica e o início do duelo em Francisco Beltrão foi marcado por muitas faltas. Mesmo assim, e ainda faltando ritmo de jogo, o Tricolor criou a primeira chance da partida, mas o goleiro Marcos Paulo defendeu o chute de Zezinho. O União deu troco na mesma moeda. De fora da área, Thiaguinho assustou o goleiro Hugo.

O União, mais organizado em campo, conseguiu abrir o placar aos 19 minutos, em uma atrapalhada do sistema defensivo do Paraná. Rayan deu um chutão para trás, a bola bateu na trave, o goleiro Hugo falhou feio e Marquinhos Cambalhota empurrou para o gol. O lance desestabilizou o time paranista, que passou a ter ainda mais dificuldades para furar a defesa bem postada dos donos da casa.

O Paraná Clube, mesmo sem jogar um bom futebol, tinha no lateral Júnior e no volante Alex Santana a sua válvula de escape para tentar o empate. Mas o União seguiu melhor em campo. Aos 33, William arriscou de fora e o goleiro Hugo quase falhou novamente. O time da casa, então, conseguiu ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo. Thiaguinho cobrou falta, a defesa paranista parou e Lucas Vieira, livre, cabeceou sem chances para Hugo.

Ainda no final da etapa inicial, Alemão, no seu único lance de perigo, recebeu na área, bateu cruzado e o goleiro Marcos Paulo garantiu a vitória parcial dos donos da casa.

Depois de um primeiro tempo abaixo da média, o Tricolor voltou com outra postura para a segunda etapa. Mais ofensivo, o Tricolor passou a jogar mais no campo ofensivo e passou a pressionar o União. Em duas tentativas do meia João Paulo, que passou a atuar mais próximo da área, o goleiro Marcos Paulo evitou o primeiro gol paranista.

Confira a classificação completa do Paranaense

Ao mesmo tempo em que era mais ofensivo, o time paranista começou a dar espaços para os contra-ataques do União. Mais incisivo nas suas investidas, o Tricolor conseguiu o primeiro gol aos 20 minutos. De fora da área, Felipe Augusto arriscou e contou com o desvio no meio do caminho para recolocar o time paranista na partida.

O gol colocou fogo no jogo. O União se fechou de vez na defesa para tentar explorar os contra-ataques, enquanto o Paraná Clube seguiu em busca do empate. O goleiro Hugo, personagem negativo da partida, se redimiu aos 31, quando fez grande defesa no chute de Tiago Maringá, na cara do gol.

Cada vez mais ofensivo, a equipe paranista não conseguia ser efetivo nas chances criadas. Faltava capricho no último passe e o Tricolor, na verdade, chegava com perigo somente em chutes de fora da área. O goleiro Marcos Paulo, então, passou a se destacar. Na base do abafa, o Tricolor foi para o tudo ou nada, mas parou na boa postura defensiva do União e, principalmente, nas boas defesas de Marcos Paulo, e amargou a primeira derrota no Campeonato Paranaense.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dionísio Filho – 1ª Rodada

União 2×1 Paraná Clube

União
Marcos Paulo; Júlio Lopes, Casimiro, Edson Júnior e Thiaguinho; Wellington Monteiro (Léo Maringá), Sorbara, Sato e William; Lucas Vieira (Tiago Maringá) e Marquinhos Cambalhota (Bispo).
Técnico: Ivair Cenci

Paraná Clube
Hugo; Junior, Neris, Rayan e Igor (Gabriel Pires); Alex Santana, Zezinho e João Paulo, Vitor Feijão (Felipe Augusto), Minho (Diego Gonçalves) e Alemão Júnior.
Técnico: Wagner Lopes

Local: Estádio Anilado (Francisco Beltrão)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior
Assistentes: Luiz Henrique de Sousa Santos Renesto e Giovani Marcos Matielo
Gols: Marquinhos Cambalhota, 19, Lucas Vieira, 39 do 1º; Felipe Augusto, 20 do 2º
Cartões amarelos: Júlio Lopes, Marquinhos Cambalhota, William (UNI); Alemão Júnior (PAR)
Público pagante: 2.942
Público total: 3.216
Renda: R$ 72.700,00