Sem vencer há três jogos na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube recebe o Guarani neste sábado (10), às 16h30, na Vila Capanema, sabendo que só a vitória interessa. Em 16º lugar, com apenas seis pontos, o Tricolor tem um confronto direto pelo G4 (o Bugre é o quarto colocado, com nove pontos) e sabe que o triunfo o colocará na parte de cima da tabela. No entanto, um tropeço, aliado a um triunfo do Boa diante do Juventude, fará a equipe paranista entrar na zona de rebaixamento.

Por isso, ganhar se torna fundamental. Ainda mais diante do torcedor, onde o Paraná Clube ainda não foi derrotado este ano. Jogando como mandante, o Tricolor soma na temporada 10 vitórias e cinco empates, sendo que um dos resultados positivos foi no Couto Pereira, quando bateu o Atlético-MG por 3×2, pela Copa do Brasil. Na Vila Capanema, o time, inclusive, sofreu apenas um gol.

Retrospecto que aumenta a confiança interna. Segundo o técnico Cristian de Souza, é preciso fazer a lição de casa, pois o empate fará a equipe paranista ficar ainda mais distante do objetivo final, que é o acesso.

“Sabemos que o empate neste regulamento de pontos corridos não é tão agradável. Então, este regulamento nos traz o pensamento de ganhar os jogos. Lógico que cada partida tem a sua peculiaridade, por isso que pensamos o futebol sempre no jogo a jogo, pois, dentro de tantos desfalques, temos que estar pensando desta forma”, afirmou o treinador, que fará mudanças na escalação.

Com a possível volta de Guilherme Biteco, o Paraná sairá do 4-1-4-1, utilizado contra o Galo e Tubarão, e voltar´ao 4-2-3-1, dando mais velocidade no ataque. Uma tentativa de fortalecer o setor ofensivo, que deixou a desejar contra o Londrina.

Confira a tabela completa da Série B!

Mais do que uma postura ofensiva, o Tricolor confia no apoio da torcida para se recuperar na tabela. Para esta partida contra o Guarani, a renda foi vendida para o empresário Naor Malaquias e terá várias promoções de ingressos, com direito a sorteio da camisa de Biteco autografada. Um incentivo a mais para o torcedor comparecer ao estádio, mesmo depois dos recentes resultados ruins.

“Convoco a torcida porque ela vê que a gente se doa. Foi um empate fora de casa, o que não é mau resultado no computo geral. A gente sabe da força que a gente tem em casa e, a torcida se fazendo presente, mais forte ainda nós somos. Temos tudo para fazer um bom jogo e conseguir, sim, o dever de casa de fazer os três pontos”, disse o zagueiro Eduardo Brock

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1º turno – 6ª rodada

PARANÁ CLUBE X GUARANI

Paraná Clube
Richard; Cristovam, Rayan, Eduardo Brock e Assis; Gabriel Dias, Leandro Vilela, Guilherme Biteco, Matheus Carvalho e Robson; Felipe Alves.
Técnico: Cristian de Souza

Guarani
Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani e Salomão; Auremir, Evandro, Braian Samudio, Bruno Nazário e Claudinho; Eliandro.
Técnico: Oswaldo Alvarez

Local: Vila Capanema
Horário: 16h30
Árbitro: Alinor Silva da Paixao (MT)
Assistentes: Marcelo Grando (MT) e Renan Antonio Angelim Rodrigues (MT)