Cristian de Souza não é mais o técnico do Paraná Clube para a continuidade da temporada de 2017. A derrota por 2×0 para o Oeste, na noite desta sexta-feira (14), na Arena Barueri, com mais uma atuação ruim do time paranista, foi a gota d’água para a diretoria do Tricolor optar pela demissão do treinador. A passagem de Cristian de Souza durou pouco mais de dois meses e ele deixa o clube, depois de 14 jogos na Série B, com apenas 40% de aproveitamento.

Quem confirmou a demissão do técnico Cristian de Souza após a partida, ainda no vestiário da Arena Barueri, foi o executivo de futebol do Paraná Clube, Rodrigo Pastana. O dirigente lamentou a fase ruim que acabou culminando com a saída do treinador, mas dividiu a responsabilidade com os jogadores e com a diretoria.

 

“Não é o que a gente gostaria. Primeiro gostaríamos que o Wagner (Lopes) tivesse ficado até o fim do ano. Mesmo com a troca, a gente esperava que a evolução acontecesse mais rápido, que desse resultado, mas não ocorreu. Infelizmente futebol é isso. Na verdade o que ocorrer sempre é que é mais fácil trocar um do que 30. Os atletas também tem a responsabilidade, eu tenho responsabilidade disso. A gente espera que com a troca de treinador haja alguma mudança de postura”, declarou Pastana.

Rodrigo Pastana garantiu que nenhum nome sequer foi especulado pela diretoria do Paraná Clube. Isto porque a diretoria paranista esperava que, nesses dois jogos seguidos fora de casa contra Vila Nova e Oeste, o Tricolor pudesse pontuar e subir na classificação. Não aconteceu e o Paraná, além das derrotas, teve também duas atuações muito ruins.

“Não temos ninguém até porque a gente acreditava que pontuaríamos bem nos dois jogos. Na primeira partida a gente sabe o que houve, os erros individuais e a demora para reagir. Quase empatamos o jogo. Hoje demoramos para entrar no jogo. As coisas não aconteceram. É uma decisão em conjunto da diretoria de troca. Não adianta dar murro em ponta de faca. As coisas não andam bem. A gente precisa reagir e os atletas sabem disso. Esperamos que eles reajam rapidamente”, finalizou o cartola.

Alguns nomes já estão sendo especulados, como do técnico Maurílio, do ASA, que já foi jogador e ídolo do Paraná Clube. Rodrigo Pastana confirmou que o novo treinador deve ser anunciado em breve e que, se o novo comandante não estiver no banco, já deverá acompanhar o duelo de terça-feira (18), diante do Brasil de Pelotas, na Vila Capanema.