Um dos últimos reforços do Paraná para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o meia Cristian reestreou com a camisa paranista na última sexta-feira (19), quando entrou no segundo tempo da derrota por 2×0 para o Brasil de Pelotas, na Vila Capanema.

Com pouco tempo de clube, o jogador admitiu que a estreia não foi da melhor maneira possível, mas elogiou os companheiros e confia que o Tricolor pode crescer neste segundo turno.

“Vi pouco, mas foi bem acolhedor. Fui bem recebido, é um grupo muito bom para se trabalhar e por ser o primeiro jogo, contra um adversário muito forte, não foi bom, mas tem tudo para melhorar neste segundo turno”, afirmou Cristian.

O meia ainda destacou que está pronto para ser titular e que depende apenas do técnico Marcelo Martelotte optar por escalá-lo desde o início ou no banco de reservas.

“Eu estou pronto, a hora que o professor quiser, é só me colocar. Eu vinha de dez dias sem treinar, mas já voltei ao normal, vinha treinando (na Ponte Preta) e estou aí para jogar. É uma equipe que eu gosto, tenho uma identificação e faz tempo que está na segunda divisão e está na hora de subir. Temos que pensar grande”, completou ele.