O Paraná Clube provou, em que pese ter sido eliminado nas quartas de final do Campeonato Paranaense, que está no caminho certo para fazer uma grande temporada em 2017. A diretoria paranista nunca escondeu que o principal foco do clube é buscar o acesso na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, a partir do mês que vem. É, sem dúvidas, o melhor momento do Tricolor na gestão do presidente Leonardo Oliveira, que priorizou, neste ano, a profissionalização do departamento de futebol.

“Todo o foco feito no ano passado, desde maio de 2015, quando entramos no clube, foi de montar o melhor trabalho possível. Estamos mais preparados. Tudo que pensávamos de profissionalismo do departamento de futebol está acontecendo, mas ainda temos coisas a corrigir. Estamos muito mais próximos do que consideramos ideal. Dentro das nossas limitações e que todos conhecem, o trabalho que vem sendo feito é diferenciado”, frisou o presidente paranista, que parabenizou todo seu grupo de trabalho pela campanha realizada até agora.

“Vamos buscar dar continuidade no trabalho. Nosso objetivo do ano sempre foi a Série B. O foco sempre foi a Série B. Estão todos de parabéns. Comissão, direção de futebol, não temos uma vírgula para reclamar do trabalho. Tudo que poderia ser feito foi feito. Agora o foco é no Vitória, quinta-feira, pela Copa do Brasil”, emendou o cartola.

O técnico Wagner Lopes, apesar de ter recebido 25 novos jogadores, conseguiu manter o Paraná Clube organizado em campo, sempre com atuações regulares, e se sentiu orgulhoso da equipe mesmo com a eliminação para o Atlético. O comandante reforçou o discurso do presidente e afirmou que o trabalho está sendo feito da melhor maneira pensando a longo prazo.

“Vamos ter noites felizes e infelizes. Tem a questão da atuação individual de cada atleta, mas coletivamente fomos guerreiros, deu orgulho de ver. Mesmo na desclassificação, eu tive orgulho do nosso time. A torcida paranista pode ter certeza de que no desenvolvimento do trabalho que a gente quer, a longo prazo, nos dá esperança de fazer um bom campeonato contra qualquer adversário” detalhou.

A boa expectativa criada pelo Paraná Clube neste início de temporada pode ser explicada. O departamento de futebol, que é mais profissional com relação aos últimos anos, trabalha em sintonia. O presidente Leonardo Oliveira, apesar de toda a reformulação do elenco, afirmou que o Tricolor já adquiriu uma boa base para disputar a Série B e salientou que começar bem a Segundona pode fazer a diferença para a conquista do acesso no final da temporada.

“Todo departamento de futebol tem bastante experiência. O Wagner (Lopes), o Tcheco, o Rodrigo Pastana e os demais membros da comissão técnica. O trabalho está sendo muito bem feito. Temos uma boa base para o Brasileiro. Começar bem a Série B é o diferencial. Muitos times perdem pontos no começo do campeonato. Largar bem pode determinar a continuidade na competição pelo que vamos brigar na Série B. O trabalho está muito bem encaminhado. Vamos continuar com o mesmo foco, a mesma pegada e pés no chão”, arrematou Oliveira.