O meio-campo curitibano Giuliano, ex-Paraná Clube, é uma das principais estrelas da disputa da Liga Árabe 2018/19, que começa nesta quinta-feira (30). Após uma passagem pelo Fenerbahçe, da Turquia, o jogador foi a grande contratação do Al Nassr, de Riyad.

A equipe é a mais popular da Arábia Saudita. Entretanto, o clube não fatura o caneco há três anos. “Meu time fez muitas contratações e isso gera uma expectativa muito grande. Claro que vai haver uma pressão até pela grandeza do clube e pelo jejum de título nos últimos anos. Cheguei e vi um ambiente incrível por parte dos nossos torcedores do Al Nassr. Isso pode e acredito que será uma grande força nossa na competição”, comentou Giuliano.

LEIA TAMBÉM NA TRIBUNA: PROFESSOR GALDINO QUEBRA O OSSO DA COLUNA APÓS AGRESSÃO

Arce foi jogador do Palmeiras entre 1998 e 2002 e também foi técnico do Paraguai. Foto: Divulgação
Arce foi jogador do Palmeiras entre 1998 e 2002 e também foi técnico do Paraguai. Foto: Divulgação

O meia vai jogar no seu quarto país fora do Brasil. A estreia de Giuliano na Liga Árabe acontece contra um outro grande personagem do futebol brasileiro. O paraguaio Arce, que fez história no Palmeiras e no Grêmio, é o técnico do Al Ohod, da cidade de Medina.

“O time se reforçou muito bem. Aumentou a quantidade de estrangeiros por equipe. Nossa pré-temporada foi boa e intensa. Acredito que vamos chegar muito bem para este início de campeonato. Acredito na qualidade do nosso time e na força do grupo para fazer um bom campeonato”, explicou Arce, que pela primeira vez vai trabalhar como treinador fora do Paraguai. Serão 16 clubes na disputa da Liga Árabe desta temporada.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!