Oficialmente rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube já tem foco total na próxima temporada. Em entrevista coletiva, realizada na manhã desta quarta-feira (7), o gerente de futebol do Tricolor, Marcos Oliveira, lamentou o ano trágico, mas ressaltou estar muito otimista com o trabalho que já vem sendo feito para 2019.

“Não houve um maior erro na temporada. Foi uma série de fatores. Temos que reconhecer que erramos. Já iniciamos um trabalho para que no ano que vem não ocorram mais esses erros. O objetivo é fazer uma equipe pra ser campeão paranaense, pois não ganhamos o Estadual faz muito tempo. Por tudo que a gente passou neste ano, é nada mais justo formar uma equipe pra conquistar o título no ano que vem”, disse o ídolo do Paraná.

+ Leia mais: Após rebaixamento, Paraná Clube planeja de vez 2019

Marcão, como é conhecido, será o grande responsável pela montagem da equipe para a próxima temporada. Entretanto, o ex-goleiro garante que tem sido auxiliado por outros profissionais. “No começo, muitos vão pensar que o Marcos não tem experiência, eu até entendo. Mas, eu sou formado no clube, trabalhei muito tempo fora do País. A vinda do Dado tem sido muito importante pra gente, pois ele também ajudado a escolher atletas de qualidade para o ano que vem. Existem pessoas da nossa confiança, que conhecem o clube e estão nos ajudando nisso. Estamos no caminho certo para conseguir os objetivos do Paraná no próximo ano”, ressaltou o dirigente.

Com relação ao orçamento do clube para 2019, que deve cair bruscamente, Marcos destaca que o Paraná está preparado para lidar com as possíveis adversidades e lutará para montar uma equipe “de raça” desde a disputa do Campeonato Paranaense.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

“Vamos ter que trabalhar bastante. Não teremos condições de pagar os salários que pagamos atualmente. Teremos que fazer uma equipe competitiva com o orçamento que teremos no próximo ano. O Paraná é grande. Em todas as competições que entrarmos, temos que entrarmos fortes. Vejo otimismo pelo trabalho que já está sendo feito. Estamos atentos ao mercado para iniciarmos o ano com uma grande equipe”, frisou.

Afundado na lanterna da Série A com apenas 18 pontos, o Paraná tem seis jogos para acabar com o jejum de vitórias na competição, que já dura 18 partidas. Com isso, Marcos Oliveira revelou que o trabalho segue forte no elenco para que o grupo se reencontre com os triunfos.

“O nosso trabalho continua, independente do nosso posicionamento na tabela. Nós queremos vencer os jogos. Nunca passei por uma situação desta de ficar tanto tempo sem vencer. Ninguém está aqui de palhaçada”, disparou o cartola, confirmando também que o jogo contra o Palmeiras, no dia 18, já foi vendido para Londrina. Outra partida que deve ser comercializada é contra o Internacional, na última rodada.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!