A vitória por 1×0 diante do Botafogo-SP, na última terça-feira (27), encerrou não só o jejum do Paraná Clube, que estava sem ganhar há sete partidas, mas também do centroavante Jenison, que balançou as redes aos 26 minutos do segundo tempo e acabou com um longo período sem gols. O jogador, que é o artilheiro do time na temporada com 11 gols, estava sem marcar desde o último jogo antes da Copa América, frente ao Operário, no dia 6 de junho.

+ Leia também: Tricolor viveu bons e maus momentos no primeiro turno da Série B

Vestindo geralmente a camisa 9, desta vez Jenison começou no banco de reservas, uma vez que Rafael Furtado começou como titular. Porém, o garoto da base sentiu a panturrilha e precisou sair da partida. Aos 29 da primeira etapa o atleta, com a camisa 18, foi acionado. O Tricolor tinha grandes dificuldades de fazer a bola chegar na área, mas no segundo tempo, com um homem a mais, a equipe finalmente chegou ao tão esperado gol.

+ TRIBUNA ESTREIA SEU PODCAST DE FUTEBOL PARANAENSE! SAIBA COMO BAIXAR E OUVIR O PODCAST DE LETRA!

Guilherme Santos, pela esquerda, lançou para a área. Jenison bateu, a bola bateu no goleiro e voltou, para aí sim, o centroavante mandar para o fundo das redes, garantindo a vitória. Na Série B, o atacante tem apenas três gols assinalados em 16 partidas. Todos decisivos e decretaram a vitória paranista.

Muito cobrado pelo baixo aproveitamento, Jenison não quis falar muito na saída do gramado após a vitória conquistada em Ribeirão Preto. O jogador apenas deu a entender que há muitas questões que estão fazendo com que o Paraná Clube não esteja rendendo, mas que acredita muito no potencial do grupo.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“Estamos com muita dificuldade, ainda bem que fizemos esse gol para aliviar. Nosso time tem muita qualidade e sabemos disso, mas tem muitas coisas que atrapalham. Bola pra frente”, finalizou.