O empate em 1×1, conquistado diante do São Paulo, na noite da última quarta-feira, na Vila Capanema, não foi de todo ruim para o Paraná Clube. Diante do líder do Campeonato Brasileiro, o time paranista somou um ponto, mas continua em situação crítica na luta para deixar a zona de rebaixamento da competição nacional. Até pela situação na tabela, os jogadores do Tricolor lamentaram o resultado colhido dentro de casa, especialmente porque a equipe de Claudinei Oliveira somou seu sexto jogo seguido sem vitórias no torneio.

“Se a gente tivesse no meio da tabela esse resultado poderia ser bom, já que enfrentamos o líder da competição, mas na nossa situação não é. A gente precisa somar os três pontos e tentar subir na tabela. Enfrentamos o líder, que tem um grande time. O jogo foi aberto, com chances para os dois lados, mas ainda bem que conseguimos empatar a partida e esse um ponto vai ajudar a gente lá na frente”, apontou o atacante Silvinho.

O Paraná, na verdade, não conseguiu aproveitar os momentos de instabilidade do São Paulo para tentar sair de campo com os três pontos. O lateral-esquerdo Mansur, que voltou a ser titular diante do tricolor paulista, também lamentou o empate, mas mantém a confiança alta de que o time paranista vai conseguir escapar do rebaixamento.

LEIA TAMBÉM NA TRIBUNA: Ibope aponta Ratinho Jr. na liderança ao Governo do Paraná

“Esse é o jogo que a gente sempre espera, um jogo que vai lá e cá. A gente tem que aproveitar mais as chances criadas. Estamos trabalhando muito bem, fizemos um jogo de igual para igual, não retrancamos de jeito nenhum, até porque precisávamos do resultado, finalizamos, fizemos as jogadas, mas não conseguimos a vitória. Vamos continuar trabalhando e tenho fé que vamos sair dessa situação”, emendou o camisa 6 paranista.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O Paraná, que permaneceu na lanterna do Brasileirão, terá agora duas pedreiras fora de casa em sequência. O time paranista se prepara para enfrentar Corinthians e Sport, longe do seu torcedor, precisando fazer o que não fez ainda até agora no torneio: vencer como visitante. Para escapar do rebaixamento, inclusive, o Tricolor terá que pontuar fora de casa, já que joga apenas mais oito partidas na Vila Capanema e, para permanecer na primeira divisão, terá que fazer pelo menos mais 30 pontos e chegar aos 45 no final do Brasileirão.

O atacante Silvinho, questionando sobre as contas que o Paraná precisa fazer para escapar do rebaixamento, garantiu que o Tricolor vai conseguir cumprir seu objetivo. “Faltam 30 pontos e a gente vai fazer. Tenho certeza que vamos fazer”, concluiu o centroavante paranista.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!