A derrota para o Ceará por 1×0, na noite desta terça-feira (17), na Arena Castelão, em Fortaleza, no confronto direto pelo acesso à primeira divisão, marcou a pior atuação recente do Paraná Clube na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O time paranista errou demais, não teve força nenhuma e viu seus concorrentes que estão fora do G4 se aproximarem na classificação. Os jogadores lamentaram muito o gol sofrido logo aos 4 minutos de jogo e que acabou com a estratégia do Tricolor na partida.

LEIA MAIS: Derrota e combinação de resultados pressionam o Paraná Clube

“O Paraná veio aqui para conquistar ponto. Em um lance bobo nosso, um erro de marcação, tomamos o gol. Todo mundo erra, acontece e queimamos a gordura que tinha. Temos agora que jogar tudo contra o América-MG para permanecer no G4. Tentamos, mas erramos e faz parte, acontece, nem sempre a bola entra. Temos que ter a cabeça tranquila e nos preparapara o próximo jogo”, cravou o zagueiro Brock.

O goleiro Richard, com defesas importantes, evitou um placar mais elástico do Ceará e se salvou na atuação ruim do Paraná diante do Vozão. O arqueiro paranista afirmou que o Tricolor sabia da importância de não tomar um gol no começo e que a estratégia da equipe ficou prejudicada.

EDITORIAL: Tamo junto, Paraná Clube!

“A gente sabia que eles iam se jogar para cima no começo. Sabíamos também que não podíamos tomar um gol no começo. Infelizmente a estratégia caiu por terra quando a gente tomou gol no começo. Agora temos que rever o que erramos. Não é o primeiro jogo em que sofremos gol no começo do jogo. Em uma partida importante dessa não pode vacilar, mas vacilamos e perdemos”, lamentou Richard.

Um dos piores em campo, o atacante Alemão criou apenas uma chance e desperdiçou uma cabeçada dentro da pequena área. O camisa 9, para piorar, em um lance de infantilidade, colocou a mão na bola quando tentou cabecear uma bola, no segundo tempo, tomou o terceiro cartão amarelo e está fora do duelo contra o América-MG. O jogador, no entanto, ressaltou a luta e a entrega do time paranista.

Veja como ficou a classificação da Segundona!

“Tomamos um gol muito cedo e ao complica ter que correr atrás do resultado. Mas nosso time lutou muito, tivemos chances para empatar e, se tivesse conseguido, nosso time ia virar com certeza. Foi um belo espetáculo, digno de dois times que estão no G4”, avaliou Alemão. “Estou triste por causa disso (suspensão). Estou fora do próximo jogo, mas faz parte do futebol e quem entrar vai dar conta do recado”, concluiu o centroavante paranista.