A classificação do Paraná Clube à semifinal da Taça Caio Júnior veio para selar uma campanha de recuperação do time, com quatro vitórias e um empate. Para o Tricolor, bastava um empate contra o Maringá para se confirmar na próxima fase, mas a equipe entrou em campo disposta a confirmar a boa fase. A vitória por 1×0, nesta quarta-feira (21), na Vila Capanema, somada à boa campanha do returno, garantiu a vantagem paranista de jogar em casa as partidas do mata-mata.

O volante Leandro Vilela destacou o fator casa para a partida contra o Londrina, que acontecerá neste domingo (25), às 16h. Até aqui, o time perdeu apenas uma partida como mandante este ano.

“Temos que pensar agora no passo a passo na competição, mas a vantagem para decidir em casa é muito importante. Vamos poder contar com os nossos torcedores e a força da Vila Capanema”, comentou o atleta.

Autor do gol da vitória, o meia Carlos Eduardo vem se tornando a principal peça da equipe, mas ressaltou que a estratégia é pensar no coletivo.

“A gente não tem um craque aqui, tem um time que está cada vez mais se encaixando para crescer no Paranaense e também no Brasileiro”, falou o atleta, que agradeceu ao suporte que vem recebendo no Tricolor.

“Estou muito feliz. Me dediquei para fazer um trabalho forte durante a semana, me dediquei muito. Devo muito às pessoas do clube, que estão me dando carinho e apoio e, com isso, minha confiança para jogar futebol está aumentando cada vez mais”, acrescentou.

Com a melhor campanha do segundo turno, o Paraná Clube entra forte na briga pelo título e, consequentemente, ir para a decisão do Paranaense.

“Não podemos dizer que o Paraná é o favorito, mas a evolução do time está aí! Está todo mundo correndo, se entregando. A gente vai chegar forte”, completou.

LEIA TAMBÉM: Tricolor está no mercado em busca de reforços pro Brasileirão

O lateral-esquerdo Igor, que tinha jogado apenas as duas primeiras rodadas do primeiro turno e teve a oportunidade de voltar ao time com o técnico Rogério Micale, agradeceu a chance que teve de retornar aos titulares.

“Estava há muito tempo sem jogar. Tenho que agradecer ao Micale e à comissão. Desde que saí trabalhei firme para poder voltar e acho que fiz uma boa partida”, ressaltou o jogador, que reforçou a ideia de que o time está unido.

“Vamos focar para os próximos jogos, porque somos um grupo, e é um grupo que ganha título”, finalizou.