A marcação da partida contra o Vasco para Cariacica, no Espírito Santo, a fim de reforçar o caixa do Paraná Clube para a reta final da temporada, segue rendendo lamentações por parte dos jogadores paranistas. O goleiro Marcos, acostumado a atuar na Vila Capanema, ressaltou que preferia jogar dentro de casa diante do time carioca, mas entendeu a postura da cúpula do Tricolor para que mantenha os salários em dia.

“Falando por mim, eu gostaria de jogar aqui na Vila Capanema, com estádio cheio, com a torcida. Como sempre disse, a nossa torcida é o nosso combustível. Eu adoro vir na Vila, ver o estádio cheio e incentivando. Isso ajuda muito. Vencemos muitos jogos com a torcida incentivando e empurrando. Mas tenho que entender que para pagar os salários você tem que ter renda, com situações para que você banque os salários dos atletas”, frisou o arqueiro e ídolo paranista.

O técnico Roberto Fernandes, depois da derrota sofrida para o Joinville, fora de casa, no último final de semana, já havia lamentado a realização da partida fora da Vila Capanema. O comandante paranista, diante do duelo que será realizado no Espírito Santo, com maioria da torcida a favor do time carioca, projeta um duelo difícil contra o atual vice-líder da Série B. No entanto, ele acredita que se a partida fosse na Vila, o Paraná entraria em campo em iguais condições diante do Vasco.

“Pela tradição do Paraná, pela história do Paraná, não sei quantas equipes do Brasil viriam jogar aqui dentro da Vila tendo o favoritismo. Pela sua história recente, serão poucas equipes. Em casa, vamos entrar sob o meu comando em campo sem transferir o favoritismo para o adversário. Se o Paraná está disputando a competição, está se preparando para ela, tem que vencer os adversários”, afirmou o treinador.

Roberto Fernandes, nas quatro partidas que realizou no comando do Tricolor, conseguiu apenas uma vitória, que aconteceu justamente no jogo realizado na Vila Capanema, diante do CRB. Nas outras três partidas, realizadas fora de casa, contra Goiás, Luverdense e Joinville, o time foi derrotado nas três oportunidades e provou sua falta de eficiência como visitante.