Depois de cumprir suspensão na derrota do Paraná por 2×0 para o Brasil de Pelotas, na última sexta-feira (19), o zagueiro Leandro Silva volta a ficar à disposição do técnico Marcelo Martelotte. Porém, ao invés de recuperar a posição na defesa, ele terá que, mais uma vez, ser deslocado para outro setor.

Caso Diego Tavares continue vetado pelo departamento médico, Leandro atuará na lateral-direita, posição que já jogou no Coritiba, em 2015, e no próprio Tricolor, assim que chegou. Depois, atuou como volante antes de voltar à zaga.

“O Marcelo (Martelotte) vai começar a definir o time, cheguei aqui de lateral e vinha treinando como zagueiro. Onde ele optar, eu estarei sempre disposto a poder ajudar a equipe”, afirmou ele.

Por conta dos vários desfalques que o elenco está tendo, devido a suspensões, departamento médico e também até pelas saídas de jogadores, Leandro Silva ressaltou a importância de se atuar em mais de uma posição.

“Muitas lesões, cartões e há a necessidade de jogadores em todas as posições. Temos que estar dispostos para ajudar a equipe, e não pensar apenas individualmente”, completou.