Apesar de ter criado ótimas oportunidades para vencer o Paysandu na noite de sábado (20), o Paraná Clube não lamentou o empate em 0x0 no jogo do Mangueirão, em Belém. O resultado impediu que o time ficasse a apenas um ponto do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro – com 31 pontos, o Tricolor ocupa a sétima posição, a três pontos do Ceará, que é o quarto colocado da Segundona. Para o técnico Lisca, a igualdade no jogo acabou sendo o retrato do que aconteceu em campo.

Paraná Clube pressiona, obriga goleiro do Paysandu a trabalhar, mas não sai do zero

“Está de bom tamanho pelo segundo tempo. A gente lamenta por não ter conseguido fazer o gol, mas hoje não dá para reclamar muito dos jogadores porque esse pontinho vai ser importante na sequência. Pelo que foi o jogo, foi justo”, comentou o treinador, na entrevista coletiva após o jogo. Lisca cita o segundo tempo porque foi justamente quando o Tricolor teve as melhores chances para vencer – Felipe Augusto, João Pedro e Iago Maidana tiveram oportunidades, mas pararam em ótimas defesas do goleiro Emerson.

Na etapa inicial, o Paraná sofreu. “Nós erramos tecnicamente no primeiro tempo. Entramos fazendo combinações quando precisávamos preparar, fazer o passe mais correto. O jogo posicional não funcionou”, comentou o treinador, que aproveitou para elogiar o trabalho do adversário. “Eles jogaram fechados o tempo inteiro. O Marquinhos (Santos, técnico do Paysandu) foi eficiente na estratégia defensiva”, afirmou Lisca.

Para o comandante paranista, a melhora veio com um ajuste tático – e com um componente vindo do Papão. “No segundo (tempo) melhorou bem essa sincronia. A bola entrou mais longa, obviamente eles deram mais espaço, foram saindo mais. Tivemos as melhores chances, com Maidana, (Felipe) Augusto e o João (Pedro). O segundo tempo foi bem mais nosso”, avaliou o treinador, que no final ficou satisfeito com o empate. “A gente lamenta por não ter conseguido fazer o gol, mas hoje não dá para reclamar muito dos jogadores porque esse pontinho vai ser importante na sequência”.

Saiba como está a classificação da Segundona!

Mesmo sabendo da necessidade de vencer fora de casa, e da oportunidade de aproximação do G-4 que a vitória no sábado daria, Lisca valorizou o jogo em Belém pensando no futuro. “Tivemos a chance de ganhar, infelizmente não ganhamos. Fora de casa, quando não se dá para ganhar três, se ganha um. Ficamos a três do G-4, então esse ponto é mais valorizado. Em relação ao Z-4, ficamos a oito. Esse pontinho realmente valeu. Está tudo aberto. Vamos construindo e agora temos um jogo dificílimo contra o Juventude, quando precisamos estar bem”, finalizou.