O Paraná Clube completou um mês sem vitórias no Campeonato Brasileiro. Diante do líder São Paulo, o time paranista até teve uma atuação equilibrada, mas fez muito pouco em termos ofensivos, conseguiu um empate em 1×1 na noite desta quarta-feira (22), na Vila Capanema e chegou à sexta rodada sem vencer na competição nacional. O Tricolor, com o resultado de igualdade, chegou aos 15 pontos, permaneceu na lanterna e com a sua situação cada vez mais delicada na luta contra o rebaixamento no torneio.

Confira como foi o jogo no nosso Tempo Real!

Com cinco mudanças, o Paraná não apresentou muita melhora com relação as últimas jornadas. O que se viu em campo foi um time inseguro e que errou muito na saída de bola. E foi justamente assim que o São Paulo aproveitou para abrir o placar. O zagueiro Cléber Reis errou na saída de bola, Diego Souza recuperou, serviu Nenê que, livre, bateu sem chances para Richard e marcou o primeiro gol.

Abraços para Júnior, o autor do gol de empate. Foto: Albari Rosa
Abraços para Júnior, o autor do gol de empate. Foto: Albari Rosa

O Paraná se desestabilizou com o gol o sofrido e não conseguia ter uma sequência de passes no meio de campo. Apesar de não ter poder de criação, o Tricolor assustou pela primeira vez aos 20 minutos, em uma cobrança de falta de Guilherme Biteco que parou na boa defesa do goleiro Sidão.

Com o controle do jogo, o São Paulo não se arriscava muito, mas seguia levando perigo à meta do goleiro Richard. Aos 35 minutos, o time paulista chegou perto de ampliar a vantagem. Em boa troca de passes na área, Rojas cruzou para Diego Souza, que mandou de bicicleta dentro da pequena área, mas errou o alvo. O castigo para os visitantes veio um minuto depois. Jogador mais voluntarioso do Tricolor, o lateral Júnior fez grande jogada e, dentro da área, bateu sem chances para Sidão e empatou.

TAMBÉM NA TRIBUNA: Cobrador e passageiro são baleados em tentativa de assalto a estação-tubo

O jogo pegou fogo. Os dois times se abriram em busca do segundo do segundo gol. Aos 43, Rojas puxou contra-ataque, arrancou, mas chutou para fora. O Paraná respondeu na mesma moeda. O atacante Silvinho puxou contra-ataque da defesa, passou por três marcadores, mas acabou finalizando mal a última chance do primeiro tempo.

O Tricolor ensaiou, na volta do intervalo, uma pressão mais adiantada na saída de bola do São Paulo. Mas essa maneira mais agressiva de atuar durou pouco. O tricolor paulista, aos poucos, retomou o domínio da partida e quase marcou aos 11 minutos. Reinaldo tabelou com Rojas, cruzou e Diego Souza, livre, cabeceou no meio do gol e facilitou a defesa de Richard. O time paranista respondeu a altura e quase marcou na sequência. Silvinho tabelou com Rafael Grampola, chutou forte e quase fez um golaço.

O Paraná recuou excessivamente, passou a marcar melhor o São Paulo para tentar explorar os contra-ataques. Mesmo assim, o time paulista seguiu sendo mais perigoso nos poucos espaços dados pelo Tricolor. Aos 29 minutos, em contra-ataque rápido puxado por Everton, Rojas recebeu livre na área, mas chutou mal e jogou fora boa chance de marcar.

Veja a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

Com a postura mais ofensiva do São Paulo na tentativa do segundo gol, o Paraná passou a apostar na transição rápida ao ataque. No entanto, faltou qualidade e organização ofensiva para o Tricolor buscar a vitória. O time paranista, então, nos minutos finais, apesar da pressão da equipe paulista, conseguiu se segurar e garantiu mais um ponto no Brasileirão.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
2º Turno – 20ª Rodada

PARANÁ CLUBE 1×1 SÃO PAULO

Paraná
Richard; Júnior, Cléber Reis, Renê Santos e Mansur; Leandro Vilela, Alex Santana, Caio Henrique e Guilherme Biteco (Rodolfo, depois Jhonny Lucas); Silvinho e Rafael Grampola (Raphael Alemão).
Técnico: Claudinei Oliveira

São Paulo
Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero) e Nenê (Tréllez); Diego Souza, Everton e Joao Rojas (Shaylon).
Técnico: Diego Aguirre

Local: Vila Capanema
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Gols: Nenê 8 e Júnior 36 do 1º
Cartões amarelos: Guilherme Biteco, Júnior, Rafael Grampola (PR); Liziero (SP)
Renda: R$ 296.420,00
Público pagante: 7.635
Público total: 8.561

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!