Mesmo com um pé na semifinal da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense, o Paraná Clube sabe que precisa ter todo o cuidado no duelo contra o Maringá, nesta quarta-feira (21), às 21h45, na Vila Capanema. Principalmente porque terá desfalques importantes para este compromisso decisivo. Mesmo sem poder contar com o volante Jhonny Lucas, com o lateral-esquerdo Mansur e com o atacante Diego Gonçalves, o técnico Rogério Micale confia no fator casa para chegar entre os quatro melhores times do segundo turno do Estadual.

“Precisamos do apoio da nossa torcida. Nada está decidido. O grupo ainda está aberto. Estamos vivendo um bom momento, mas no futebol as coisas mudam muito rápido. A gente vai continuar vivendo o momento, com o objetivo de chegar à semifinal e estamos trabalhando para isso. Temos desfalques, confiamos demais em todos e estão aguardando a oportunidade. Temos muita confiança em aqueles que vão entrar e vão atender a expectativa de todo mundo”, afirmou o comandante paranista.

O técnico Rogério Micale enfatizou a importância de não mudar muito a equipe, sobretudo por estar ainda no início da sua trajetória dentro do Paraná Clube. Para a vaga do volante Jhonny Lucas, que está servindo à seleção brasileira sub-20, o treinador deve contar com a volta de Leandro Vilela, que formará o setor de contenção ao lado de Wesley Dias.

Linha de frente

No ataque, para a vaga de Diego Gonçalves, que cumpre suspensão depois de marcar quatro gols marcados nos últimos quatro jogos, Micale deve optar pelo retorno do atacante Thiago Santos, que entrou no decorrer do duelo contra o Foz do Iguaçu, no último domingo. Na lateral-esquerda, para a vaga do também suspenso Mansur, as opções são Igor e Marcelo Baez.

“A gente vai estar muito forte. O Igor está treinando muito bem. O Baez também é dessa posição, mas está fazendo um trabalho excelente na segunda linha. Vamos tentar não descaracterizar muito o time. Não temos muito tempo de trabalho e são boas opções que estamos avaliando”, concluiu o treinador.

Para conseguir a classificação, o Paraná Clube precisa pelo menos empatar com o Maringá, na Vila Capanema. Em caso de derrota por um gol de diferença, o Tricolor ficará de fora da semifinal da Taça Caio Júnior se o Cianorte vencer o Foz do Iguaçu, dentro de casa, por dois gols de diferença.