Um quer seguir no comando do Paraná Clube até o final da Série B do Campeonato Brasileiro. O outro é o treinador há mais tempo no comando de um clube no Brasil e quer levar o Londrina novamente à elite do futebol nacional depois de 35 anos. Assim será o confronto entre os técnicos Matheus Costa, do Tricolor, e Cláudio Tencati, do Tubarão, neste sábado (16), às 19h, na Vila Capanema, no duelo direto na luta pelo G4 da competição nacional.

O jovem treinador paranista, com apenas 30 anos, assumiu o comando interino do Tricolor pela segunda vez na disputa da Segundona. Bastante teórico e auxiliado pelo ex-jogador Tcheco, que é também o gerente de futebol do clube, Matheus Costa pode ser o comandante do Paraná até o final da segunda divisão. Pode ser o treinador que conseguiu levar o clube de volta à Série A depois de dez anos seguidos jogando a Série B.

Na verdade, o duelo contra o Londrina pode ser decisivo para a manutenção de Matheus Costa no comando do Paraná Clube. O treinador, que faz parte da comissão técnica permanente do Tricolor, já conseguiu uma vitória fora de casa diante do Goiás e, um novo resultado positivo pode fazer a diretoria efetivar o jovem comandante no cargo para a continuidade da competição nacional.

A confiança do elenco do Paraná Clube ele já tem. Matheus Costa está desde o começo do ano trabalhando com o elenco paranista, trabalhava antes mais na edição de vídeos de adversários, mas tem o respeito dos jogadores. O grupo, inclusive, ficou do lado do treinador no episódio envolvendo o ex-técnico Lisca, demitido do comando do clube na concentração antes da partida contra o Atlético-MG, pela Primeira Liga, no Horto.

“Ele vem fazendo um grande trabalho desde o início do ano. Hoje é uma oportunidade da vida dele, talvez de estar à frente, a gente tá agarrado junto com ele, que é conseguir os bons resultados. A gente sabe o quanto essa vitória é importante também para o Matheus, para quem sabe ter uma permanência no cargo. Com o resultado, talvez facilite pra direção tomar uma decisão”, apontou o zagueiro Eduardo Brock.

A poucos metros dali, no banco de reservas do Londrina, estará o técnico que está há mais tempo no comando de um clube no futebol brasileiro. Já são seis do técnico Claudio Tencati, de 43 anos, a frente do Tubarão. Por lá, o treinador passou por muitas situações boas e ruins, mas é reconhecido por tirar o clube da segundona do Paranaense, levar ao título da elite do Estadual, além de tirar o time do Norte do Estado da Série D e colocar como um dos principais clubes da Série B atualmente.

Confira a classificação da Série B!

No ano passado, o Londrina chegou próximo de conseguir o acesso. Faltou muito pouco. Neste ano, o Tubarão fez grandes jogos, mas falhou em alguns jogos dentro de casa. A distância para o Paraná Clube, que está na porta do G4 é de apenas quatro pontos. Por isso, no duelo do jovem treinador paranista contra o experiente comandante londrinense, quem levar a melhor dará mais um passo para conseguir o acesso à primeira divisão de 2018.