Eliminado na segunda fase da Copa do Brasil e sem conseguir classificação para as fases seguintes do Campeonato Paranaense, o Paraná Clube vive dias de avaliações internas em seu elenco para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

O executivo de futebol do Tricolor, Mario Mazzuco, admitiu que a cúpula errou em algumas das 19 contratações feitas para a temporada. Agora, o departamento terá que definir, ao lado da nova comissão técnica, o futuro de alguns atletas, já que o Paraná possui contrato com 33 deles para a Série B.

+ Leia mais: Paraná Clube trouxe 19 jogadores e poucos deram resultado

“Nós tivemos insucessos. Temos setores que precisamos dar uma atenção especial agora. O mais importante é extrair ao máximo o que temos. O Fernando Neto, por exemplo, veio desacreditado e tivemos a capacidade de fazer com que ele se destacasse”, disse o dirigente.

Além da colocação de alguns jogadores em outros clubes, o Paraná irá ao mercado para reforçar o plantel pra Segundona. De acordo com o técnico Matheus Costa, quatro ou cinco jogadores serão anunciados nos próximos dias. Mazzuco ressaltou que a procura será bem filtrada.

+ Agende-se: Confira a tabela da Série B do Brasileirão

“Vamos buscar peças pontuais que estejam dentro da nossa realidade. Dentro do que podemos, vamos buscar esses atletas que possam nos agregar”, destacou o executivo de futebol. Até o momento, o clube não anunciou nenhum reforço.

Entretanto, o primeiro nome que está mais próximo de assinar contrato é o atacante Ramon, 28 anos, que disputou o Campeonato Paulista pelo Ituano.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!