A oito rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube sofre uma debandada de jogadores. Além dos atacantes Deivid e Ortigoza, que pediram para deixar o Tricolor antes mesmo de terem o contrato finalizado, outros quatro jogadores não fazem mais parte do elenco paranista até o fim da temporada.

+ Leia mais: Atacantes pedem para ir embora do Paraná Clube

O meia Caio Henrique, o zagueiro Cléber Reis e o atacante Carlos estão treinando em separado e possivelmente não serão mais relacionados nos jogos que restam no Brasileirão. O lateral-esquerdo Baéz é outro que não terá mais vínculo com o Tricolor. O jogador também solicitou seu afastamento e sequer participou do treino realizado na manhã desta quinta-feira (25), no CT Ninho da Gralha.

Cléber Reis já tinha perdido espaço no Tricolor Foto: Albari Rosa
Cléber Reis já tinha perdido espaço no Tricolor Foto: Albari Rosa

Com altos salários, mas sem dar o retorno esperado dentro de campo, o trio, fora dos planos para 2019, seguirá trabalhando normalmente por força de contrato. Mas nenhum deles deixará saudades na torcida.

+ Mais na Tribuna: Tricolor tenta vender mando de campo contra Palmeiras e Inter

Cléber Reis jogou apenas 12 vezes neste Brasileirão. Chegou a ser advertido por problemas extra-campo, sofreu com lesões e nunca foi unanimidade. Há um mês sequer é relacionado. Outro que conviveu com o departamento médico é Carlos. O atacante participou de 19 rodadas do campeonato e marcou apenas um gol, no empate em 1×1 com a Chapecoense, ainda pela quarta rodada.

Caio Henrique foi titular boa parte do Brasileirão, mas não caiu nas graças da torcida. Foto: Albari Rosa
Caio Henrique foi titular boa parte do Brasileirão, mas não caiu nas graças da torcida. Foto: Albari Rosa

+ Futuro: Paraná Clube deve priorizar garotos da base na sequência do Brasileirão

Dos três, quem mais jogou foi Caio Henrique. O meia veio por indicação do ex-treinador Rogério Micale e atuou em 27 dos 30 jogos do Tricolor no Brasileirão, sendo titular em 22 oportunidades. Porém, nunca caiu no gosto da torcida e recentemente perdeu espaço.

Carlos nunca se firmou no Tricolor e conviveu com lesões. Foto: Albari Rosa
Carlos nunca se firmou no Tricolor e conviveu com lesões. Foto: Albari Rosa

Com a ausência dos atletas que estão, aos poucos, indo embora do Paraná Clube, o técnico Dado Cavalcanti dará espaço aos jogadores da base. Além dos atletas novatos já integrados ao elenco principal, nos próximos dias outras peças serão “puxadas” do time sub-19.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!