Novamente com dificuldades financeiras, sobretudo neste início de temporada, o Paraná Clube, para dar largada na temporada de 2017 e diante de muitas saídas ao final do ano passado, já contratou nada menos do que 14 reforços. Sob o comando do executivo de futebol Rodrigo Pastana, que foi dirigente do Guarani em 2016, na campanha do acesso do time de Campinas para a Série B do Campeonato Brasileiro, quase metade das contratações do Tricolor são do Bugre ou do ASA, que se enfrentaram na terceira divisão na última temporada.

Essa conexão com os times de Campinas e Arapiraca está diretamente ligada ao conhecimento de Rodrigo Pastana com as duas equipes. São três jogadores de cada time e que chegaram para reforçar o Tricolor. As possíveis contratações de atletas do Guarani foram adiantadas pela Tribuna ainda em dezembro, tão logo o clube confirmou a chegada do novo responsável pelo departamento de futebol paranista.

Na apresentação de Rodrigo Pastana e do técnico Wagner Lopes, no início do mês, o novo comandante do Tricolor afirmou que tinha uma base de dados com dois mil jogadores. Mesmo assim e diante de muitas opções, o Tricolor segue apostando em reforços que são conhecidos do executivo de futebol paranista, que montou o time do Guarani que conseguiu o acesso para a Série B.

Do Guarani, vão trabalhar novamente com Pastana no Tricolor os meias Alex Santana e Renatinho, além do atacante Ítalo. São jogadores que ajudaram o time de Campinas na terceira divisão, mas que não tiveram grande destaque pelo Bugre. Mesmo assim, os três chamaram a atenção do cartola, que aposta que todos poderão dar uma resposta positiva agora vestindo a camisa do time paranista na temporada 2017.

No Guarani enfrentou o ASA em duas oportunidades, duelos que justamente definiram o acesso para a segunda divisão. O sistema defensivo do time de Arapiraca parece ter chamado a atenção do executivo de futebol, Rodrigo Pastana, que apostou na contratação de uma defesa quase inteira para o Tricolor nesta temporada.

Chegaram para reforçar o time o zagueiro Rayan e os laterais Júnior e Igor Cariús. Nas quartas de final da Série C, o ASA, depois de conseguir vencer o Guarani por 3×1 jogando em Arapiraca, acabou perdendo o acesso no duelo de volta, em Campinas, quando foi derrotado por 3×0. Os três novos reforços para o setor defensivo estiveram em campo naquele compromisso, mas nem o desempenho abaixo da média naquela oportunidade impediu que Rodrigo Pastana indicasse o trio para, em 2017, reforçar o Tricolor.