SELO_PARANAENSE_2018_WEB

Sem conquistar um título desde 2006, quando foi campeão paranaense, o Paraná Clube inicia a sua caminhada no Estadual nesta quarta-feira (16), às 21h45, diante do União, no Anilado, em Francisco Beltrão. Com outro status depois de conquistar, em 2017, o acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, o Tricolor entrará em campo com um time bastante modificado com relação à última temporada, mas com uma responsabilidade maior. A equipe paranista, na verdade, terá uma mescla de remanescentes do ano passado e de jogadores que chegaram para reforçar o time comandado pelo técnico Wagner Lopes em 2018.

“É um recomeço e a expectativa é muito diferente. O acesso traz uma responsabilidade enorme. O Wagner sozinho não consegue nada. Com a ajuda de todos, de vocês, que cobrem o nosso dia a dia, para fazer com que comprem a ideia. É mobilizar a todos por uma única coisa, pelo bem da instituição. É cada um fazer o seu melhor e ter um ano vitorioso”, apontou o treinador paranista, que retornou ao clube depois de um período sem sucesso no futebol japonês.

Mesmo entrando com uma responsabilidade a mais para a disputa do Campeonato Paranaense, o técnico Wagner Lopes descartou qualquer tipo de facilidade nos jogos do Estadual. Para o primeiro confronto contra o União, o comandante do Tricolor prevê uma partida complicada, sobretudo pela experiência de alguns jogadores do time de Francisco Beltrão.

“Será muito complicado. É um time muito experiente. Vi alguns melhores momentos do ano passado. São jogadores que sabem cadenciar o jogo. Não será um jogo fácil. Não conheço o campo do adversário e espero um jogo difícil e muito complicado. Eles têm jogadores rápidos, como o Thiaguinho, e de qualidade como o Léo Maringá. Vamos buscar entrar concentrados para fazer uma boa estreia”, enfatizou.

O Campeonato Paranaense, em 2018, terá um formato novo de disputa. Depois de seis rodadas, já será disputada a primeira semifinal. Uma competição de tiro curto e que, sem dúvidas, vai premiar o time que fez a melhor preparação neste começo de temporada. A nova fórmula de disputa do Estadual agradou o técnico Wagner Lopes.

“Em ano de Copa do Mundo tem muita coisa. A gente precisa conhecer antes de opinar. É fácil criticar sem ter todas as informações. Acho que no ano passado teve um erro grave e estão tentando corrigir isso. Se ganhar o primeiro turno já está na final. É um processo. Está melhorando e a ideia é cada vez mais os dirigentes terem esse tipo de pensamento e façam as coisas mais simplificadas”, opinou o comandante paranista.

Confira a tabela do Estadual!

Para a largada no Campeonato Paranaense, o técnico Wagner Lopes não poderá contar com os goleiros Richard e Luís Carlos, ambos vetados pelo departamento médico. A defesa do Paraná terá, na sua maioria, remanescentes de 2017. Os laterais Júnior e Igor, além do zagueiro Rayan devem atuar. A novidade fica por conta do zagueiro Neris, contratado no início deste ano.

O meio de campo do Paraná terá duas novidades. Além do volante Leandro Vilela, que permaneceu no clube, o setor de criação terá ainda o volante Alex Santana, que retornou ao clube, e o meia João Paulo, que disputou a Série B de 2017 pelo Santa Cruz. O trio ofensivo deve ser formado pelos atacantes Vitor Feijão, Minho e Alemão Júnior, todos remanescentes do ano passado.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dionísio Filho – 1ª Rodada

União x Paraná Clube

União
Marcos Paulo; Wellington Monteiro, Júlio Lopes; Casimiro e Felipe Virgulino; Thiaguinho, Sato, Sorbara e William; Marquinhos Cambalhota e Vieira.
Técnico: Ivair Cenci

Paraná Clube
Hugo; Júnior (Alemão), Neris, Rayan e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e João Paulo, Vitor Feijão, Minho (Diego) e Alemão Júnior.
Técnico: Wagner Lopes

Local: Anilado (Francisco Beltrão)
Horário: 21h45
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior
Assistentes: Luiz Henrique de Sousa Santos Renesto e Giovani Marcos Matielo