Jogar contra times da primeira divisão estão fazendo bem ao Paraná Clube. Depois de Atlético, Vitória, Bahia e Atlético-MG, foi a vez do time paranista passar pelo Flamengo e, na disputa de penalidades, eliminar a equipe carioca da Primeira Liga, na noite da quarta-feira (30), em Cariacica. Classificação para comprovar o bom momento do Tricolor e também para engordar os cofres do clube, que lucrou nada menos do que R$ 400 mil para ir à semifinal do torneio regional para encarar agora o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

LEIA MAIS: Mais um jogo pra orgulhar a torcida do Paraná Clube!

Destaque no tempo normal, o meia Renatinho comemorou mais uma boa atuação e a classificação do Paraná Clube na Primeira Liga. O jogador não escondeu que a prioridade do Tricolor é a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, mas garantiu que o time paranista vai lutar pelo título da competição regional.

“Estamos com esse pensamento. A nossa prioridade é a Série B, mas com esse campeonato nós queremos ir mais longe. Porque não ser campeão?”, cravou o camisa 10, autor de um belo gol minutos depois de o Flamengo abrir o placar. “A gente treina aquela jogada (cobrança de falta), mas decidi bater no gol. O gramado estava um pouco liso e fui feliz”, contou o armador paranista.

Herói

Quem também foi destaque do Paraná na classificação conquistada diante do Flamengo foi o goleiro Richard. Com defesas importantes durante os 90 minutos, o arqueiro paranista defendeu duas cobranças de penalidades e ajudou o Tricolor a voltar para casa com a classificação para a semifinal da Primeira Liga.

“Fico feliz por ajudar o time, que lutou, brigou o tempo todo e não desistiu em nenhum momento. Fico feliz de ajudar meus companheiros no final, feliz por tudo, feliz por estar em um grupo como esse, pelo treinador (Lisca), pelo treinador de goleiros, pelo Marcão, que é um cara sensacional e tem me ajudado muito”, frisou Richard.

O Paraná vai à Belo Horizonte no sábado enfrentar o Atlético-MG valendo a vaga na final da Primeira Liga. Com um duelo importante pela Série B na quarta-feira que vem (6), diante do Goiás, fora de casa, há a chance do técnico Lisca poupar alguns jogadores. “Quero jogar todo jogo, mas é o Lisca quem manda. Vamos ver, descansar e depois a gente vê sobre esse jogo”, arrematou.