Sabendo da importância de se sair bem no primeiro confronto no retorno do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube quer pontuar de qualquer forma diante do Vitória. O jogo, válido pela 13ª rodada do Brasileirão, acontece nesta quarta-feira (18), em Salvador, a partir das 21h. O lateral-esquerdo Igor destacou como será essencial não deixar o adversário, concorrente direto na fuga pela degola, se distanciar. O time baiano está na 16ª colocação, com 12 pontos somados, enquanto o Tricolor figura na 18ª, com 10.

“É um jogo muito difícil. Sabemos que eles têm jogadores rápidos pelos lados e temos que montar uma estratégia para marcá-los. É um concorrente direto e não podemos perder pontos. É uma partida difícil, mas temos que voltar de lá com alguma pontuação. Seja um ou três pontos”, falou o jogador, que garante que o elenco aproveitou muito bem a intertemporada para corrigir os erros e pensar diferente na sequencia da competição.

“Esses dias da parada para a Copa do Mundo foram muitos bons pra gente, pra esfriar a cabeça, pudemos sair para ver a família, e também para trabalhar. Trabalhamos fortes para a gente chegar bem no Campeonato Brasileiro e tirar o Paraná Clube desta situação”, destacou Igor, que vive uma boa fase dentro do Tricolor.

Desde a nona rodada da Série A como titular, o lateral-esquerdo Igor viu no início da competição Mansur ser a preferência para a posição. Com Mansur no departamento médico e Baez – outra opção para Micale no setor – não rendendo como o esperado, Igor foi ganhando seu espaço. “No futebol tem que ter muita paciência. Sou um cara que tem cabeça. Joguei bem no ano passado e fui procurar saber onde eu estava errando. Só o trabalho podia mudar. Eu trabalhei muito e hoje estou vivendo um novo momento aqui no Paraná”, disse o jogador, que já estava no elenco paranista em 2017 na campanha do acesso.

Confira a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

O Paraná deve ir a campo com Thiago Rodrigues; Junior, Charles, Rayan e Igor; Alex Santana, Leandro Vilela e Carlos Eduardo (Caio Henrique); Silvinho, Raphael Alemão e Léo Itaperuna (Thiago Santos).