SELO TAMO JUNTO PARANÁ CLUBE

Engana-se quem pensa que a parada do Paraná Clube na noite desta terça-feira (14) contra o já rebaixado Santa Cruz, no Arruda, será fácil. Mesmo fadado à Série C e com salários atrasados, o que chegou a fazer o elenco ameaçar não entrar em campo, o técnico Matheus Costa quer atenção máxima do time. Com 59 pontos na tabela, a intenção do Tricolor é chegar o mais rápido possível aos 63, número mágico que garante o acesso à Série A.

O treinador relembrou o caso do ABC-RN, que mesmo com salários atrasados e um clima instável bateu o Londrina por 3×0. “Eles ficaram uma semana de greve e venceram”, lembrou ele.

Por isso, o treinador acredita que, acima de tudo, o time deve pensar em si. “Temos que pensar no que podemos produzir para conquistar a vitória. Será mais um jogo difícil e temos que pensar no que fazer para conquistar os três pontos”, completou.

Sem suspensos ou contundidos no time considerado titular, o Paraná Clube vai com força máxima para o compromisso contra o time pernambucano. A equipe que entra em campo logo mais deve ter Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Iago Maidana e Rayan; Gabriel Dias, Vinícius Kiss, Renatinho e João Pedro; Vítor Feijão e Robson.

Confira a classificação da Série B

Depois do compromisso contra o Santa, o elenco permanece no Nordeste, já que no sábado (18) pega o CRB em Maceió. “Talvez a gente consiga estas vitórias, consiga o acesso ou fique muito perto de conseguir em casa. É uma semana importante e temos que trabalhar como sempre trabalhamos”, reforçou Matheus Costa.