Paraná Clube e Sport são os dois times que, depois da Copa do Mundo, somaram menos pontos no Campeonato Brasileiro. Por isso e até pela distância curta do Tricolor para a equipe pernambucana na classificação, o duelo deste domingo (2), às 16h, na Ilha do Retiro, será decisivo para as pretensões do time de evitar o rebaixamento. O goleiro Richard comentou sobre esse momento do adversário, mas prevê um duelo complicado pela frente em Recife.

“A gente tem falado jogo a jogo. A situação é difícil. Eles também estão em situação complicada. Começaram muito bem o campeonato, mas não conseguiram manter a regularidade. Vamos buscar fazer um grande jogo. Esperamos trabalhar bem na semana para, domingo, fazer um grande jogo e vencer, porque a gente está precisando”, apontou o camisa 1 paranista.

Poucos dias depois de deixar o comando do Sport e assumir o Paraná Clube, o técnico Claudinei Oliveira voltará à Ilha do Retiro como adversário do Leão. O conhecimento do atual comandante paranista sobre o adversário pode ser um dos diferenciais do Tricolor para conseguir uma vitória fora de casa.

“O Claudinei conhece muito bem as peças. Teve um período muito bom lá quando chegou. Tiveram uma sequência boa de vitórias e deve conhecer o elenco. Mas teve a troca de treinador e ele deve colocar a filosofia de trabalho dele. O mais importante é nos preocuparmos com nós mesmos. Precisamos melhorar e ganhar urgente”, emendou Richard.

Confira a classificação completa do Brasileirão

Depois da Copa do Mundo, o Paraná Clube somou apenas cinco pontos em nove jogos disputados. A campanha do Sport é ainda pior. O time pernambucano, em nove partidas, conseguiu apenas um empate e saiu de campo derrotado oito vezes. Não à toa, o Leão despencou na tabela e, com 20 pontos, está na zona de rebaixamento.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!