O atacante Alemão Júnior, conhecido pelo lance que resultou no gol do acesso do Paraná Clube à Série A do Campeonato Brasileiro no ano passado, vai defender o CSA-AL, que disputa a Série B.

No ano passado, o jogador chegou ao Paraná em junho para reforçar o setor ofensivo do time. Conhecido em 2017 somente por Alemão, o centroavante foi o vice-artilheiro do Paraná na Série B, com sete gols em 25 partidas, empatado com o atacante Robson, que também marcou sete vezes. Os dois ficaram atrás do meia Renatinho, que fez nove gols e oito assistências em 33 jogos na competição.

Após o acesso, o atleta se envolveu em polêmicas, chegando a se oferecer – mesmo com contrato com o Paraná Clube – para jogar no Santos, time que o revelou.

Alemão perdeu espaço, precisou mudar o nome para Alemão Júnior por conta da contratação do lateral Alemão, e fez apenas uma partida pelo Tricolor este ano, pelo Campeonato Paranaense. O atacante acabou não gostando de estar na reserva e pediu para sair. Inicialmente declarando que iria jogar no Guarani para estar próximo a sua família, Alemão deixou o Paraná e acertou com o Busan Ipark, da Coréia do Sul, ainda em janeiro, porém não chegou a fazer nenhuma partida pela equipe coreana.

Em entrevista coletiva, já em Maceió, o atacante rasgou elogios ao clube alagoano. “Dá para definir como amor à primeira vista. Sei da história do CSA, da torcida, que é apaixonada. Isso foi recíproco, porque os torcedores sempre me tratam com carinho, me apoiam bastante”, disse o jogador, que pertence ao Tricolor e foi emprestado aos alagoanos.