O Paraná Clube entra em campo neste sábado (5), às 19h, diante do Boa Esporte, em Varginha, podendo marcar a sua segunda melhor campanha no primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, desde que foi rebaixado, em 2007. Com 27 pontos conquistados até agora e na porta do G4 da segundona, o Tricolor, ainda faltando uma rodada para o final do turno, só não conseguirá passar o rendimento das campanhas realizadas em 2013, quando alcançou 36 pontos. No entanto, um triunfo irá superar os números de 2011, quando somou 28 pontos.

Nos dois anos, o Paraná Clube não conseguiu manter a média no segundo turno. Até chegou perto de brigar pelo acesso, mas acabou sucumbindo ao final da competição. Esses percalços, na verdade, foram sempre causados por problemas financeiros, já que o Tricolor não conseguia manter os salários dos jogadores em dia e isso acabou influenciando diretamente nos resultados em campo.

Por isso, o Tricolor, que vem de uma sequência invicta de quatro partidas, onde conquistou dez pontos e colou no G4, precisa agora manter a sua regularidade. Para isso, o técnico Lisca espera que o time paranista possa melhorar seu desempenho como visitante. A começar já pelo jogo de amanhã, diante do Boa Esporte, para conseguir, talvez, fechar o turno dentro do pelotão de frente.

“Estamos sonhando agora fechar o turno com 30 pontos e podemos entrar no G4, que seria apenas simbólico, mas claro que interessante. Temos que saber sofrer essa competição que é de resistência e temos que administrar situações. Encostar no G4 é uma coisa e ultrapassar é outra. A nossa campanha fora de casa não é positiva, temos apenas uma vitória e é uma motivação para o jogo para mostrarmos nossa força também como visitante”, cravou o treinador.

Tirando 2011 e 2013, nas suas outras sete participações na Série B o Paraná não conseguiu ser regular. Sua pior participação na primeira parte da competição aconteceu em 2008, logo no seu primeiro ano após o rebaixamento. Foram apenas 17 pontos conquistados e rendimento de 29%.

Confira a tabela completa da Série B!

Nas outras temporadas, o Tricolor variou sua campanha e fez de 23 a 26 pontos. Nenhuma capaz de deixar a equipe próxima do G4, mas também sempre um pouco mais distante da zona de rebaixamento.

Desta vez, em 2017, quando está conseguindo levar suas contas em dia, o Paraná, depois da chegada de Lisca, reencontrou seu bom futebol e, espera manter a regularidade, para terminar o ano de uma outra maneira.

Desempenho do Tricolor no primeiro turno da Série B

Ano Pontos Aproveitamento
2008 17 29%
2009 24 42%
2010 24 42%
2011 28 49%
2012 26 45%
2013 36 63%
2014 25 43%
2015 23 40%
2016 26 45%
2017 27 50%