O Paraná Clube realizou nesta segunda-feira (16), no CT Ninho da Gralha, seu último treinamento antes de embarcar para Salvador (BA). O Tricolor encara o Vitória nesta quarta-feira (18), no Barradão, a partir das 21h. O jogo será válido pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

As expectativas de que o time possa, finalmente, sair da zona de rebaixamento – atualmente o time está na 18ª colocação – são grandes, porém, dois jogadores que chegaram à Vila Capanema nessa intertemporada, para aumentar o poder de fogo da equipe, não poderão ser acionados pelo técnico Rogério Micale.

O meia Nadson sentiu um desconforto muscular e, por isso, deve ficar de fora, enquanto o atacante Rodolfo não teve sua situação regularizada no clube. O treinador falou sobre as ausências dos dois.

“São dois jogadores que a gente vai contar muito, já demonstraram qualidade e vão agregar, mas nenhum dos dois estão certos. O Nadson não vai ter condições, isso é quase certo, e o Rodolfo tem que ver a questão da transferência, então acho difícil para esse primeiro jogo”, explicou o comandante.

Apesar de já ter em mente o time para esse confronto, Micale não quis adiantar como o Paraná entrará em campo contra o Vitória. Além de Nadson, também seguem no departamento médico o lateral-esquerdo Mansur, o meia Guilherme Biteco e o atacante Carlos – este também cumprirá suspensão. Além deles, Cléber Reis, que foi afastado, também está fora.

Ainda que não conte com algumas peças fundamentais, o Tricolor deve se apresentar diferente na competição. Isso porque, segundo o treinador, o tempo de preparação na intertemporada serviu para que o Tricolor acertasse o rumo.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

“Tentamos fazer o melhor planejamento possível para fortalecer os conceitos que a gente tinha trabalhado. A gente fortaleceu muita coisa, repetiu e implantamos uma nova variação. Acho que foi muito válido e todo treinador sonha com isso. A gente tem que se entregar muito”, garantiu Micale.

O Paraná deve ir a campo com Thiago Rodrigues; Junior, Charles, Rayan e Igor; Alex Santana, Leandro Vilela e Carlos Eduardo (Caio Henrique); Silvinho, Raphael Alemão e Léo Itaperuna (Thiago Santos).