O Paraná Clube segue com seu jejum de vitórias. Neste domingo (2), o Tricolor perdeu para o Sport por 1×0, na Ilha do Retiro, em Recife. O gol dos donos da casa saiu ainda no primeiro tempo, em uma falta de atenção da defesa paranista. Com a derrota para o time pernambucano, o Tricolor da Vila Capanema chega à marca de oito partidas sem vencer, agravando cada vez mais a situação da equipe no Campeonato Brasileiro. O time continua na lanterna da competição, com apenas 15 pontos somados, em 22 rodadas.

O jogo começou movimentado. Com menos de um minuto de partida, Júnior levou cartão amarelo por dar carrinho em Nonoca. Aos seis, em cobrança de falta, Nadson mandou para a área, o goleiro Magrão desviou e a bola sobrou na cabeça de Cléber Reis, que carimbou a trave. E apesar de o Paraná Clube ter assustado, foram os donos da casa que abriram o placar.

Veja como foi o jogo entre Sport e Paraná Clube!

Aos 14, após cruzamento de Rogério rasteiro na área, Andrigo protegeu o corte da defesa e deixou a bola passar. Os dois marcadores do time paranista se preocuparam com Andrigo, mas deixaram Gabriel livre na direita. O jogador recebeu, chutou cruzado e acertou o fundo das redes do goleiro Richard.

Mesmo com o gol sofrido, o Tricolor não se abalou e seguiu pressionando. Aos 23, Silvinho lançou pra a área e Rafael Grampola mandou para o fundo das redes, mas o árbitro assistente marcou impedimento, de forma equivocada. Com 32 minutos de jogo, Silvinho lançou a bola para Júnior, na direita, que chutou forte, mas mandou a bola pelo lado de fora da rede.

O Paraná Clube tomava sufoco, mas conseguia criar algumas chances, porém todas desperdiçadas. Aos 40, Alex Santana puxou um contra-ataque e mandou para Carlos, na entrada da área, na direita. O atacante, que poderia cruzar ou tentar o chute, preferiu arriscar um “drible da vaca” pra cima de Magrão e acabou perdendo a bola.

Na volta do segundo tempo, o Tricolor tentou correr atrás do prejuízo. Aos seis minutos, Júnior mandou uma bola no travessão e pela segunda vez na partida, o gol paranista ficou no caminho. No rebote, Carlos mandou para o fundo das redes, mas o lance já tinha sido assinalado como irregular devido ao impedimento do jogador.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O Sport cresceu no jogo e pressionava para marcar o segundo. A defesa paranista precisou trabalhar para evitar que o time sofresse mais um gol e com isso não conseguia ter forças para buscar reverter o placar.

Nos minutos finais de jogo, o Paraná tentava buscar pelo menos o empate, mas não teve qualidade para carimbar a rede adversária e confirmou uma nova derrota no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
2º Turno – 22ª Rodada

SPORT 1×0 PARANÁ CLUBE

Sport
Magrão; Cláudio Winck, Ernanrdo, Durval e Sander; Nonoca (Neto Moura), Fellipe Bastos e Gabriel (Ronaldo Alves); Andrigo, Rogério (Marlone) e Hernane.
Técnico: Eduardo Baptista

Paraná Clube
Richard; Júnior, Cléber Reis, Renê e Igor; Jhonny Lucas (Wesley), Alex Santana (Rodolfo), Caio Henrique, Nadson e Silvinho (Carlos); Rafael Grampola.
Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Ilha do Retiro (Recife-PE)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)
Gol: Gabriel, 14 do 1º
Cartões amarelos: Cláudio Winck, Fellipe Bastos e Magrão (SPO); Júnior e Jhonny Lucas (PRC)