Diante do Vasco, que vem em declínio na disputa do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (30), às 19h30, em São Januário, o Paraná Clube tem a chance de conquistar sua primeira vitória na competição nacional. O Tricolor também não vive um bom momento, mas os jogadores querem explorar a fase ruim da equipe carioca e pregam um jogo de inteligência para conseguir, enfim, o primeiro resultado positivo neste retorno à primeira divisão.

“É um fato que a gente pode aproveitar, né? Temos que ter a leitura de jogo, saber como vai estar e esperar o que o Micale (Rogério) vai propor para a gente ir preparado para esse jogo. O Vasco é um time bem trabalhado e temos que estar preparados para qualquer tipo de situação”, apontou o lateral-esquerdo Mansur.

Para o atacante Silvinho, o Paraná, apesar de estar pressionado e precisando urgente de uma vitória para, pelo menos, deixar a lanterna do Campeonato Brasileiro, terá que fazer um jogo de inteligência diante do Vasco.

“Acho que temos que fazer um jogo inteligente. O Vasco está pressionado, nós também estamos. Mas, acima de tudo, temos que ser inteligentes. Com certeza, o Micale tem uma estratégia traçada e, nesse jogo, será muito importante sair na frente do marcador”, emendou o camisa 11.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O Paraná, diante do Vasco, deve repetir o time pela terceira vez. Deve optar, de novo, por uma formação mais defensiva, com três volantes e com uma transição rápida para explorar os contra-ataques.

“O Vasco vem pressionado pela derrota por 3×0 e vai querer decidir logo o jogo. Temos que ser inteligentes, explorar os contra-ataques para poder surpreender eles lá dentro. A gente respeita, mas espera fazer um grande e conseguir a vitória”, concluiu Silvinho.