Foi no apagar das luzes que o Paraná Clube conseguiu arrancar um empate em 1×1 com o Botafogo, ontem, na Vila Capanema. Ainda que o empate não resolvesse a situação do Tricolor, que segue na última colocação na tabela do Campeonato Brasileiro, evitou que o time saísse de campo sem pontuar.

O gol paranista foi assinalado pelo volante Alex Santana que, com muita personalidade, não desistiu diante do cenário difícil da partida e marcou nos acréscimos. O forte chute de fora da área, que desviou na defesa e morreu no fundo das redes, garantiu mais um pontinho para a matemática complicada que vive o time paranista, tentando ainda acreditar que é possível fugir do rebaixamento ao final da temporada. Agora, são 14 pontos somados em 18 rodadas.

Confira como foi o jogo contra o Botafogo

Mesmo que tecnicamente o time tenha deixado a desejar, para o técnico Rogério Micale o placar foi importante. “Realmente não foi um a partida como as outras em que estivemos melhor em campo. O volume de jogo não foi efetivo, mas a gente queria ganhar o jogo. Entramos com o espírito de querer ganhar. Não estivemos no nosso melhor dia em relação a números, mas o placar se tornou justo, não merecíamos a derrota”, explicou o treinador.

Veja a classificação completa da Série A

Micale contou que assim que a partida foi encerrada, se reuniu com os jogadores ainda no gramado e fez questão de exaltar a vontade do volante Alex Santana em buscar o jogo mesmo quando tudo parecia perdido.

“O Alex (Santana) foi o personagem do jogo. Pela entrega e insistência em não desistir. Ele sentiu cãibras, mas continuou tentando, teve coragem, e fez o gol que nos deu um ponto”, ressaltou o comandante do Tricolor.

O treinador ainda garantiu que acredita na evolução do elenco. “Infelizmente as coisas não acontecem de acordo com o que o torcedor quer, ou o que a gente quer. Entramos para ganhar, mas não aconteceu. Mas estamos lutando, trabalhando e insistindo. Chutamos mais hoje. Temos tentado evoluir dentro da nossa proposta. Pelo menos não saímos daqui derrotados”, explicou Micale.

Diante de tantas críticas que vem recebendo sobre seu trabalho, já que o Paraná é o pior time do Brasileirão até aqui, se disse com a consciência calma. “Estou dando meu melhor aqui. Eu vou para minha casa e durmo tranquilo, porque sei disso, os jogadores se doaram aqui hoje (ontem). Faltou qualidade a gente sabe, mas não faltou o lutar, o não desistir”, completou o treinador.

Personagem do jogo, Alex Santana destacou o merecimento da equipe em não sair da Vila Capanema com mais uma derrota na conta. “Não seria justo perder, estávamos em cima do Botafogo o tempo todo”, finalizou o jogador.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!